Natal descentralizado
| 21.12.12 - 18h36

Natal do Recife tem programação descentralizada

Pastoris, bois, reisados, autos de Natal, bandas, orquestras e espetáculos infantis animam os polos do Marco Zero (Bairro do Recife), Peixinhos, Ibura, Morro da Conceição e Brasília Teimosa

A Prefeitura do Recife preparou uma programação para que recifenses possam vivenciar o Natal através da cultura popular e diversidade de ritmos, incluindo samba, forró, rock, frevo, brega e pagode. Seguindo as diretrizes de valorização das manifestações populares e dos artistas locais da política cultural do Recife, a programação dos dias 24 e 25 reúnem tradições do período como os pastoris, bois, reisados e autos de Natal. Bandas e orquestras de também integram a programação gratuita distribuída pelo Marco Zero (Bairro do Recife), Nascedouro de Peixinhos, Ibura, Morro da Conceição e Brasília Teimosa. O Ciclo do Recife conta com recursos da gestão municipal e patrocínio do Governo do Estado, através da Empetur. Confira a programação nos anexos 1 e 2.

De acordo a política de democratização e descentralização cultural, as atrações das festas realizadas nas comunidades de Peixinhos, Ibura, Morro da Conceição e Brasília Teimosa são definidas a partir do diálogo promovido em fóruns temáticos de Cultura com os delegados do Orçamento Participativo, programa de participação popular da gestão municipal.

Bairro do Recife – O auto de Natal Baile do Menino Deus, criado em 1983, mais uma vez é apresentado no Marco Zero, Bairro do Recife. As apresentações são nos dias 24 e 25, sempre às 20h. Com produção de Carla Valença e patrocínio do Governo do Estado de Pernambuco e da Prefeitura do Recife, a canta cênica atrai mais de 60 mil pessoas a cada nova edição.

Retomando a memória do auto religioso tradicional que chegou ao Brasil com os colonizadores portugueses, o Baile do Menino Deus se reinventa, com inspiração no lúdico, no brinquedo, no jogo, na espontaneidade, no júbilo. Neste sentido, o Baile do Menino Deus é dedicado ao público infantil, embora seu alcance seja amplo, atraindo a atenção de pessoas de todas as idades.

O espetáculo está na nona edição e tem concepção e direção geral de Ronaldo Correia de Brito e música de Antonio Madureira. O texto e as letras são uma parceria de Ronaldo Correia de Brito e Assis Lima. Mais informações no site: http://bailedomeninodeus.com.br/site/

Peixinhos – Na segunda-feira (24), véspera de Natal, o Nascedouro de Peixinhos (RPA 2) conta com programação na área externa e palco interno. A festa de Natal começa às 19h, com o Pastoril Luz do Amanhecer, seguida de contação de história Vira Mundo e Baião de Viola, do Pastoril Jardim da Alegria e do Reizado Imperial. No palco, os shows começam às 21h40, com as bandas Magnatas da Beira Mar, Combo X e Kelvis Duran. Na terça (25), a festa é animada pelo samba. As atrações são Negro Thó e Samba Duben e o Grupo Terra.

Morro da Conceição – A noite de Natal (25) do Morro da Conceição (RPA 3) será animada com polo montado no largo em frente à Igreja. As apresentações começam às 20h com manifestações da cultura popular – Pastoril Luz do Amanhecer, Boi de Loucos e Cavalo-Marinho Mirim Boi Jacú. A partir das 21h30, a comunidade curte os shows de Jane Lima e Banda, Any Love e João do Morro.

Ibura – Os cordões azul e encarnado do Pastoril Campinas Alegres iniciam na segunda-feira (24), às 22h, a programação natalina do Ibura (RPA 6) que tem polo montado no Campo Nacional, UR-1. A programação com atrações da cultura popular continuam com o Boi Tá Tá Tá e a encenação Menino Jesus do Jordão. A partir das 23h, a diversidade musical toma conta da festa que vai até o amanhecer com shows do grupo Samba D+, banda Patos Lokos, Coco da Imbiriba, Mandagaroba e Quebrada.

Na terça-feira (25), a programação começa às 19h, com apresentações do grupo Corpo e Linha, Cia AJE, Pastoril Divinas Pastoras, bandas Vilas Rock, Duque Araque, Forró Pirado, Bria Soul e Orquestra Free Baile.

Brasília Teimosa – Na noite de Natal (25), a RPA 6 conta com polo também na orla de Brasília Teimosa, com carreta-palco. A festa começa às 18h, com a Turma do Flau, Pastoril Estrela do Mar, Sereias Teimosas, Pastoril Divinas Pastoras e Grupo Deveras. Os shows começam às 22h30. As atrações são Orquestra de Rubinho, Coco da Imbiriba, Banda Surdo Lavo, DJ Gato e Sintonia da Paixão.

Encerramento – O Ciclo Natalino se encerra no dia 6 de janeiro, com a tradicional Queima da Lapinha, que ocorre simultaneamente no Sítio Trindade e no Pátio de São Pedro. A programação reúne diversos pastoris religiosos que seguem em cortejo até o destino final.

Em Casa Amarela, a concentração acontece, às 18h, na Igreja da Harmonia e segue para o Sítio Trindade. Com a chegada do cortejo no Sítio, a festa profana inicia a apresentação do bloco lírico Cordas e Retalhos, Orquestra de Frevo Vereda Tropical e Grupo de Dança Raízes. No Centro do Recife, a concentração de pastoris ocorre, às 18h, no Pátio do Carmo. Na chegada ao Pátio de São Pedro, a festa profana é animada pela Orquestra de Frevo Veneno.


Imprimir

Os comentários estão encerrados.