Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer

NOTÍCIAS

Esportes | 03.10.18 - 11h09

Joanna Maranhão assume cargo na Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife

img_alt

Ex-atleta pernambucana, maior recordista brasileira da história da natação, está à frente da Gerência de Rendimento/Projetos Especiais, reforçando o time de profissionais com experiência olímpica na PCR (Foto: Daniel Tavares/PCR)

 

Após uma carreira de sucesso, marcada por medalhas, quebra de recordes e participações nas principais competições mundiais, a ex-nadadora Joanna Maranhão encara novos desafios no Recife, sua terra natal. A pernambucana, maior recordista brasileira da história da natação, agora faz parte da equipe da Secretaria Executiva de Esportes da Prefeitura do Recife, dentro da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, assumindo a Gerência de Rendimento/Projetos Especiais.

“Joanna é a terceira atleta olímpica a compor nossa equipe. Ela chega disposta a aprender e contribuir com secretaria. Um novo olhar de quem viu e viveu a realidade esportiva. O esporte do Recife ganha muito com a chegada dela”, destaca a secretária executiva de Esportes, Yane Marques, medalhista olímpica no pentatlo em Londres-2012 e bicampeã em Jogos Pan-Americanos.

Completa o time a treinadora Cisiane Dutra, que disputou como atleta as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, na modalidade marcha atlética, e hoje coordena as atividades do projeto Recife Esportes de Rendimento no Parque da Macaxeira. “Nesse momento quero aprender o máximo possível com a equipe da Prefeitura. E a partir disso, junto com a minha experiência no mundo esportivo, quero contribuir cada vez mais para o esporte da cidade. Eu estou muito feliz por ter a oportunidade de unir o social ao esporte”, afirma Joanna.

A nadadora começou sua carreira aos três anos de idade, no Clube Português do Recife. Ao todo, foram 8 medalhas em Jogos Pan-Americanos, sendo três de prata e cinco de bronze. Com apenas 17 anos, a pernambucana conquistou o quinto lugar nos 400 metros medley, nas Olimpíadas de 2004, em Atenas na Grécia, a melhor colocação de uma nadadora brasileira até hoje. Em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, Joanna bateu o recorde sul americano nos 200 metros medley e tornou-se também recordista brasileira nos 1500 metros nado livre, durante o Campeonato Paulista, no ano passado.