NOTÍCIAS

Infraestrutura | 08.03.18 - 16h05

Prefeitura do Recife comemora resultados positivo com projeto de Educação Sanitária na Mustardinha

Ação teve início em 2017 e resultou na diminuição de doenças arboviróticas, desosbstruções no sistema de esgotamento sanitário e erradicação de pontos críticos de lixo no bairro

 

Nesta sexta-feira (09), às 15h, a Secretaria de Saneamento do Recife (Sesan) realiza o encerramento da primeira etapa do Projeto de Educação Sanitária e Ambiental, que foi executado no bairro da Mustardinha. O evento acontecerá na Rua Mário Libânio -premiada em uma Gincana Ambiental- umas das atividades lúdicas da ação, que desafiou cinco logradouros do bairro em situações mais críticas a transformarem o lugar onde vivem, diminuindo os índices de pontos críticos de lixo, obstruções no sistema de esgoto e doenças arboviróticas.

O projeto, que aconteceu durante todo o ano de 2017 e início de 2018, trouxe bons resultados para os moradores do bairro. Segundo dados da Secretaria de Saúde do Recife, os números de doenças arboviróticas diminuíram consideravelmente. Em 2016, os dados apontaram a confirmação de 4.612 casos de doenças entre Chikungunya, Dengue e Zika. Já em 2017 foram contabilizadas apenas 202 confirmações das mesmas doenças.

Durante a execução da ação, técnicos sociais da Sesan realizaram um levantamento dos indicadores socioambientais da comunidade e identificaram que as ruas Lajes, Carlopolis, Adolfo Bezerra, Mário Libanio, Manoel Azevedo de Andrade e a Avenida Mustardinha apresentavam uma maior vulnerabilidade dentro do bairro. As famílias foram desafiadas a manterem as ruas limpas e cuidadas, além de diminuírem as ocorrências de obstruções do sistema de esgotamento sanitário.

Com a brincadeira, a Rua Mário Libanio zerou o número de ocorrências de desobstrução do sistema de esgoto no mês de dezembro. No início da gincana, no mês de setembro, a via contabilizou cinco pedidos do serviço. Os moradores foram premiados com tintas para que pudessem pintar suas casas, deixando a rua ainda mais bonita. Na Rua Lajes os números caíram de nove para quatro ocorrências, já na Carlópolis o mês de setembro contabilizou 10 e em dezembro tiveram apenas três. Os serviços caíram de oito para quatro na Rua Manoel Azevedo de Andrade e de 11 para cinco na Avenida Mustardinha.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos pelo Projeto de Educação Sanitária e Ambiental, que teve início no bairro da Mustardinha. A população local abraçou nossa idéia, participou de todas as atividades e hoje vem colaborando para uma comunidade mais limpa e bem cuidada, livre de doenças causadas pelo Aedes Aegypti. Conseguimos despertar nas famílias uma consciência crítica e reflexiva sobre as questões ambientais”, afirmou o secretário de Saneamento Alberto Feitosa.

PROJETO DE EDUCAÇÃO SANITÁRIA E AMBIENTAL - Mais de três mil pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos, participaram da ação, que trabalhou de forma lúdica e artística a importância do saneamento e seus elementos, o uso correto do sistema de esgotamento sanitário, a preservação do meio ambiente e o papel da população neste processo. Foram realizadas palestras, oficinas, sessões de cinema com filmes educativos, apresentações teatrais e excursões, que envolveram toda a comunidade local.