Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Direitos Humanos | 10.11.17 - 14h18

Alunos dos cursos profissionalizantes do Pronatec Aprendiz recebem certificado de conclusão

img_alt

Público foi acompanhado pela equipe do Acessuas Trabalho, da Prefeitura do Recife, que tem o objetivo de ampliar oportunidades de emprego para pessoas em situação de vulnerabilidade (Foto: Wesley D`Almeida/PCR)

 

Foram certificados, nesta quinta-feira (9), 79 alunos concluintes de cursos do Pronatec Aprendiz, oferecido pelo Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) em parceria com o Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos. Os formandos faziam parte das turmas de Organizador de Eventos, Operador de Telemarketing, Encadernador Gráfico e Inglês Básico. A solenidade aconteceu no auditório do IFPE, na Cidade Universitária.

Ângela Oliveira, gerente geral do Sistema Único de Assistência Social (Suas), destacou a necessidade da qualificação profissional para garantia do direito ao trabalho. “A qualificação profissional é extremamente importante para a afirmação da pessoa como cidadã. Neste momento em que nossos direitos não estão sendo assegurados, nós formamos um grupo que vai efetivar a busca do direito ao trabalho, que é assegurado na Constituição Federal para que o cidadão viva com dignidade. O cenário atual é difícil e ainda pior para os que não têm uma qualificação profissional”, disse a gerente.

Lenilton Pereira, coordenador adjunto do Pronatec Recife, falou sobre a importância de continuar os estudos para que o aluno se torne mais competitivo no mercado de trabalho. “Com certeza, com a qualificação profissional de qualidade, portas de emprego vão se abrir para esses alunos. Espero, também, encontrar esses estudantes em cursos técnicos ou até mesmo superior para que alcancem sonhos altos e obtenham sucesso”

Sandro Marcelo de Farias foi um dos concluintes da noite, ele fez o curso de encadernador gráfico e falou sobre a sua satisfação em concluir esta etapa. “É gratificante poder ter feito parte desse programa e saber que, lá fora, de alguma forma, as nossas chances serão melhores porque nós temos um curso de qualificação”, disse Sandro.

ACESSUAS TRABALHO – O Programa acompanha os estudantes durante todo o percurso, desde a articulação e mobilização até o monitoramento da frequência nas aulas e a inserção no mundo de trabalho. O Acessuas Trabalho desenvolve ações voltadas para a garantia de direitos e cidadania das pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social a partir do acesso a serviços e da inclusão no mundo do trabalho. De acordo com Jailton Raniere, assessor técnico de inclusão produtiva da Secretaria Executiva de Desenvolvimento Social, o objetivo é, principalmente, a conquista da autonomia do indivíduo. “As ações do serviço devem buscar a integração com a rede socioassistencial e outras políticas e a promoção do desenvolvimento do protagonismo de seus usuários a partir de empoderamento e resgate de autonomia, considerando as capacidades e potencialidades dos participantes”, explicou.