NOTÍCIAS

Educação | 11.09.18 - 21h35

Escola Municipal Lagoa Encantada recebe destaque por melhor desempenho de Anos Inicias no Ideb 2017

img_alt

(Foto: Luciano Ferreira/ PCR Imagem)

 

É no coração da Zona Sul do Recife que está encravada a unidade de ensino da rede municipal que obteve a maior nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica 2017, com 6,7, que suplantou a meta estabelecida pelo Governo Federal em 34% (era de 5,0 pontos). Para celebrar o desempenho, a Escola Municipal Lagoa Encantada obteve, na manhã de hoje (11 de setembro), um quadro comemorativo para estampar nas paredes o resultado que é fruto de um esforço coletivo da equipe escolar. O quadro foi entregue em mãos pelo secretário de Educação, Alexandre Rebêlo, que aconselhou: “Separe uma parede grande para afixar os próximos”.

A brincadeira possui mais do que fundamento. Também foi a Escola Municipal Lagoa Encantada que obteve o maior desempenho de Anos Iniciais na rede no Ideb 2015, com 6,1 pontos, enquanto sua meta era de 4,7. O crescimento é ainda superior ao da rede de Anos Iniciais como um todo, que saltou de 4,2 para 5,0, o que representa um crescimento de 9%, superando a meta estabelecida para as escolas de 1º a 5º anos (era de 4,9).

Para a gestora da unidade, Sileide Gonçalves, os resultados são fruto de uma equação coletiva que reúne o compromisso da equipe e o acolhimento às 168 crianças que estudam no local. “Também temos a participação dos pais e, hoje, 30% das nossas crianças já saem da educação infantil lendo. Em 2019 o resultado será ainda melhor”, vaticina a gestora da unidade, que trabalha há 16 anos na escola e comanda a Lagoa Encantada há quatro anos. A unidade, que funciona desde 1986, possui 11 professores.

As avaliações externas como Ideb e Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco (Saepe) recebem atenção especial nas atividades internas. Segundo Perlúcia Arantes, coordenadora pedagógica da escola, a unidade promove aulões de português e matemática e a autoestima e vertente psicológicas são alvo de atenções especiais: há momentos de relaxamento com veiculação de filmes, as crianças são recebidas na escola com tapete vermelho e, no dia dos testes, são presenteados com um pequeno kit formado por lápis, chocolate, água mineral, entre outros. 

Para a professora Wilma Correa, pedagoga à frente da classe de quarto ano do turno da manhã, além do envolvimento dos professores, é essencial o destaque que é dado à disciplina de português. “A leitura é muito presente em sala e no momento da biblioteca. Ler bem significa interpretar melhor até mesmo a matemática”, pondera ela, que é mestre de Antônio Martins, 10 anos, um dos finalistas da rede municipal do concurso Ler Bem 2018. Fã confesso de quadrinhos e romances de aventura, perguntado sobre o que quer ser quando crescer, ele não titubeia: “Escritor ou veterinário”, revela Antônio, prova inconteste que o amor pelos livros é capaz de fomentar quaisquer sonhos.