Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente

NOTÍCIAS

Meio Ambiente | 13.03.18 - 16h48

Prefeitura do Recife e Ademi assinam compromisso para plantio de mais de 2 mil árvores

img_alt

Iniciativa reúne 21 empresas do setor imobiliário que precisavam fazer plantio em torno de um projeto estruturado de arborização e paisagismo (Foto: Antônio Tenório/PCR)

 

O Recife vai ganhar mais de 2 mil novas árvores que serão plantadas em diversos espaços públicos da cidade. A ação é fruto de uma parceria entre a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, e a Ademi-PE (Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco), que assinaram um termo de compromisso de compensação ambiental, na tarde desta terça-feira (13), na sede da entidade. A iniciativa reúne 21 empresas do setor imobiliário, que precisavam fazer o plantio de vegetação, em torno de um projeto estruturado de arborização e paisagismo.

“O grande diferencial dessa ação é que ela foi pensada para atender as áreas que mais precisavam. De forma inteligente, identificamos as necessidades, fizemos os projetos e, em articulação com a Ademi, criamos a solução, que simplifica o trabalho para o setor e para a prefeitura. No final, quem ganha é a cidade, porque vamos adensar o verde onde ele é mais necessário”, destacou o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife, Bruno Schwambach, que assinou o documento destacando se tratar de um exemplo a ser levado para outros projetos.

O plantio deve iniciar ainda em março e vai levar cerca de 120 dias até a sua conclusão. Ao todo, serão beneficiadas 12 áreas públicas da cidade, a exemplo de canteiros centrais, refúgios, praças e passeios. Entre elas estão os canteiros centrais das avenidas Mascarenhas de Morais e Domingos Ferreira, além de passeios na Ilha Joana Bezerra. O objetivo é que a ação amplie a cobertura verde das localidades, proporcionando beleza paisagística e a criação de microclimas para amenizar as altas temperaturas e combater as ilhas de calor.

Segundo o presidente da Ademi-PE, Carlos Tinoco, esta é uma ação bastante positiva e vem para repor, de forma rápida e eficaz, árvores que precisaram ser retiradas no momento da realização de diversas obras. Com isso, também se entrega um volume maior de mudas, em uma iniciativa mais impactante para a cidade. “É uma solução viável para ambas as partes [Prefeitura e setor imobiliário], que vai beneficiar com mais verde vários corredores de tráfego intenso. Também é gratificante saber que contribuímos para ter um cenário mais bonito e agradável em nossa cidade”, afirmou.

No projeto, serão utilizadas mudas de árvores de grande, médio e pequeno porte, atendendo as especificações existentes no manual de arborização da prefeitura. Das mais de 2 mil plantas, a maior parte será de grande porte com copas densas que favorecem a oferta de sombras, uma vez que as áreas definidas para o plantio dispõem de espaços livres capazes de acomodar os exemplares. Além disso, a iniciativa fará uso de espécies pertencentes ao bioma da Mata Atlântica.

 

Logradouros onde haverá plantio:

 

- Canteiros e refúgios do bairro do Cabanga

- Entorno do Hospital das Mulheres

- Espaços livres e passeios da Ilha Joana Bezerra

- Canteiro central da Av. Mascarenhas de Morais

- Canteiro central da Av. Domingos Ferreira

- Via Mangue

- Terminal Marítimo

- Túnel da Abolição

- Passeios na Ilha do Leite

- Passeios na Ilha do Retiro

- Praça Arraial do Bom Jesus

- Praça Compositor Antônio Maria