NOTÍCIAS

Saúde | 13.06.18 - 18h29

Ação da PCR foca na saúde bucal da população LGBT

img_alt

Atividade segue até esta quinta-feira (14) dentro da Semana de Promoção e Prevenção em Saúde Bucal. (Foto: Cortesia)

 

Bárbara Vitória, de 42 anos, moradora do Vasco da Gama, na Zona Norte da cidade, não lembra a última vez que foi a uma consulta com um dentista. “Já faz tanto tempo, que, sinceramente, nem sei”, afirmou. Ela foi uma das pacientes agendadas para ser atendida na Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena, durante ação da Semana de Promoção e Prevenção em Saúde Bucal para a população LGBT, que começou na última segunda-feira (11). Amanhã (14), a atividade, promovida pela Secretaria de Saúde do Recife, será no Centro Municipal de Referência em Cidadania LGBT, na Boa Vista.

Assim como Bárbara, outros usuários tiveram avaliação agendada para a unidade. O cooperador de loja Fábio Alexandre, de 38 anos, que é paciente do Ambulatório LGBT, veio da Boa Vista, onde mora, e teve a avaliação marcada e foi orientado pelos profissionais que terá de fazer alguns procedimentos. “Eu tava lembrado da consulta, mas hoje também recebi uma mensagem no celular, para lembrar, e até chamei alguns amigos, porque a gente tem de cuidar mesmo”, comentou.

De acordo com o coordenador da Política de Atenção Integral à Saúde da População LGBT do Recife, Airles Ribeiro, um dos objetivos da ação é aproximar o público-alvo dos serviços da rede. “Entramos em contato com cerca de 60 pessoas. Muitas delas confirmaram a presença, mas acabaram não comparecendo. Entendemos que uma ação como esta facilita o acesso e consequentemente ajuda o usuário a procurar o serviço, quando ele precisar”, afirmou Airles.

“Aqui, nossos profissionais dão orientações sobre saúde bucal, no geral, fazem avaliação clínica, reforçam a necessidade do autocuidado e do autoexame, mas também explicam como funciona a rede, porque a porta de entrada é a Atenção Básica”, explicou a coordenadora municipal de Saúde Bucal, Juliana Couto. Os pacientes nos quais for identificada alguma lesão mais grave serão encaminhados para o estomatologista que atua na própria policlínica.

Na última segunda-feira (11), aproximadamente 200 profissionais da rede, entre dentistas, auxiliares e técnicos de Saúde Bucal, receberam capacitação no auditório da Uninassau, nas Graças. Durante a sensibilização, eles tiraram dúvidas, por exemplo, sobre identidade de gênero e acolhimento.