NOTÍCIAS

Saúde | 15.03.17 - 19h28

VIII Fórum Perinatal do Recife capacita profissionais para redução da mortalidade materna

img_alt

Os cuidados com o pré-natal são essenciais para evitar complicações antes, durante e após o parto (Foto: Inaldo Lins/PCR)

 

Profissionais da Rede de Saúde do Recife participaram, na tarde da terça-feira (14), do VIII Fórum Perinatal da Cidade do Recife, que discutiu o tema "Mortalidade Materna", com a proposta de tratar sobre as principais causas de óbitos entre mulheres antes, durante e após o parto. O Fórum foi realizado no Auditório Capiba, localizado no 15º andar do Edifício Sede da Prefeitura do Recife. 

A chefe do Setor de Informação da Vigilância à Saúde, Conceição Oliveira, que ministrou a palestra, abordou sobre a atenção especializada que deve ser dada a mulheres em período gestacional, para que complicações possam ser devidamente tratadas ou evitadas. Também foram apresentadas estatísticas e situações que envolveram as mortes.

No município de Recife, durante o ano de 2016, ocorreram 17 óbitos de mulheres gestantes, 11 delas já possuíam algum fator de risco como hipertensão, HIV, obesidade, entre outras doenças pré-existentes; 10 precisaram de internamento durante o período gestacional; apenas 12 chegaram a realizar o parto. Os óbitos, que são contabilizados do início da gestação até um ano após a realização do parto, tiveram diversas causas. 

A diretora executiva de Atenção à Saúde, Eliane Germano, lembrou a importância do Programa Mãe Coruja Recife como um facilitador na assistência a gestantes de alto risco, auxiliando mulheres durante o pré-natal, o pós-parto e até os cinco anos de idade da criança.