Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade

NOTÍCIAS

Meio Ambiente | 25.03.18 - 15h44

Manguezais do Pina receberam mutirão de limpeza

img_alt

Ação integrou a 2ª Semana da Juventude do Recife e foi realizada por mais de 20 jovens do Coletivo de Meio Ambiente na comunidade do Bode (Foto: Irandi Souza/PCR)

 

A manhã deste domingo (25) foi de limpeza e de visita aos manguezais do Pina, na Zona Sul do Recife. De luvas e com sacos de lixo em mãos, mais de 20 pessoas do Coletivo Jovem de Meio Ambiente e outros e outros coletivos juvenis parceiros da comunidade do Bode fizeram um mutirão para recolher resíduos jogados no rio e em área verde. Entre o material coletado, estavam bolsas, garradas e muitas embalagens plásticas. Em três horas de atividade, cerca de 50 sacolas com lixo foram retiradas e encaminhadas para a destinação correta. A programação faz parte da 2ª Semana da Juventude do Recife, realizada pela Prefeitura do Recife e que se estende até o próximo dia 28.
 
Esta foi a primeira vez que os jovens do Coletivo de Meio Ambiente foram a campo, após passar por capacitações. “Este é um momento de vivenciar o Recife, de ver a realidade e entender como funciona outros coletivos. Agora, a partir disso, eles podem pensar as ações mais concretas. Esperamos que trabalhem unidos e pensem o meio ambiente de forma proativa, para além do que já se faz no dia a dia. Entendemos que envolver os jovens na política ambiental é pensar no futuro”, ressaltou Alexandre Ramos, gerente de Sustentabilidade da Secretaria Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife (SDSMA).
 
Moradora do Sancho, a bióloga Taynã Olímpia, de 20 anos, entrou no coletivo para se aproximar da temática e disse que a vivência no Bode está sendo essencial para o planejamento de ações do grupo. “Não dá para ficar dentro de uma sala decidindo coisas para as comunidades. É mais fácil desenvolver ideias e aplicá-las quando se conhece a realidade das pessoas”, afirmou. Para Sueny Silva, de 29 anos, também integrante do coletivo, a atividade fez com que todos enxergassem melhor as questões envolvidas na luta ambiental. “Aqui começamos a ver a relação que existe entre as questões ambientais, sociais e econômicas. Com isso, vamos poder nos planejar melhor”, pontou.
 
A iniciativa também buscou conectar o grupo com projetos e movimentos de jovens já consolidados. “Trazer o coletivo para fazer uma vivência dentro do território foi também um momento de entender as vulnerabilidades da juventude. Então, abordamos não só o ponto de vista ecológico, mas toda a relação socioambiental que existe no tema. O coletivo de Meio Ambiente pôde botar a mão na massa e ter essa experiência com a juventude local. O coletivo Pão e Tinta, que é muito atuante aqui, esteve o tempo todo junto. A ideia é deixar esses jovens conectados para transformar a sociedade”, destacou a secretária Executiva da Juventude, Camila Barros.
 
Antes do mutirão de limpeza, a comitiva fez um passeio de barco para conhecer algumas áreas de mangue. Houve ainda uma reunião na Livroteca Brincante do Pina. Lá, eles trocaram experiências com integrantes dos projetos da Livroteca, Favela Verde e do Coletivo Pão e Tinta. A iniciativa foi fruto de uma parceria entre esses e outros coletivos juvenis do Pina e a Secretaria Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente e a pasta de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife. Já o Coletivo Jovem de Meio Ambiente é realizado em convênio com o Ministério do Meio Ambiente, a partir de recursos de emenda parlamentar da deputada federal Luciana Santos, com contrapartida da PCR.
 
SEMANA DA JUVENTUDE - Iniciada na última terça-feira (20), a 2ª Semana da Juventude do Recife realiza mais de 30 atividades com o intuito de refletir sobre a participação dos jovens na tomada de decisões dentro da sociedade, de mostrar o potencial da juventude enquanto agente de transformação social e de apontar a necessidade de elaborar políticas públicas para este segmento. Promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos da Prefeitura do Recife, as ações estão sendo organizadas em parceria com outras secretarias municipais, coletivos, movimentos sociais e o Conselho Municipal de Políticas Públicas de Juventude do Recife.