Pagamento
| 20.06.12 - 13h52

PCR antecipa salário de junho com reajuste para todos os servidores

Folha salarial de junho vai superar R$ 110 milhões

Com uma semana de antecedência, os cerca de 38 mil servidores da Prefeitura do Recife receberão o salário de junho já com o reajuste previsto na campanha salarial deste ano. Nesta quarta-feira (20/06), o prefeito João da Costa anunciou a antecipação salarial e informou que o contracheque deste mês, contendo reajustes e o pagamento de valores retroativos das categorias contempladas, ficará disponível no próximo sábado (23). O dinheiro estará na conta dos funcionários públicos municipais, incluindo ativos, inativos e pensionistas da administração direta e indireta, que poderão fazer pagamentos ou efetuar saques em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil.

 “Todas as conquistas deste ano foram obtidas pelos servidores e sindicatos das diversas categorias junto à Mesa de Negociação da Prefeitura do Recife. Com a inclusão do reajuste salarial de 2012 e a concessão dos demais benefícios e valores retroativos, a folha de pagamento salarial de junho vai superar R$ 110 milhões”, disse o prefeito João da Costa, que também destacou o esforço da Prefeitura em manter o equilíbrio das contas públicas. “Com isso, é possível pagar o salário com antecipação, para que o servidor possa fazer o seu planejamento e organizar melhor suas finanças, além de aproveitar os festejos juninos”.

Algumas categorias tiveram reajuste diferenciado, em função da legislação ou de já possuírem planos de cargos e salários, como alguns profissionais da área de saúde. Outro exemplo é a categoria dos professores, que tiveram aumento de mais de 22%, ultrapassando o piso nacional”, explicou o secretário municipal de Finanças, Petrônio Magalhães.

Negociação – As negociações salariais são feitas através da Mesa Permanente de Negociação da Prefeitura do Recife, com os representantes sindicais. Elas tiveram início no final de janeiro e seguiram até o mês de abril, quando o reajuste foi aprovado pela Câmara Municipal, contendo um índice geral de 7,35% para a maioria das categorias profissionais da administração direta e indireta do Município. Além disso, a Prefeitura aumentou em 20% o valor do vale-refeição, que passou de R$ 10 para R$ 12, desde o mês de maio. O projeto de lei sancionado pelo prefeito João da Costa também cria cargos efetivos, reestrutura tabelas dos planos de carreiras, estabelece gratificações, vantagens e benefícios.


Imprimir

Os comentários estão encerrados.