Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Direitos Humanos | 17.03.16 - 15h22

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos prorroga as inscrições da seleção simplificada para o preenchimento de 100 vagas

A Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, prorrogou em mais 10 dias úteis o recebimento de propostas da seleção simplificada para o preenchimento de 100 vagas, das quais 85 para a Secretaria Executiva de Assistência Social e 15 para a Secretaria Executiva de Direitos Humanos. O novo prazo foi publicado no Diário Oficial do município e entrou em vigor na quarta-feira (16).

Além da prorrogação, outras alterações e inclusões importantes foram adotadas no edital. Para aqueles que já efetuaram a inscrição ainda existe a possibilidade de complementar documentos encaminhados; foi incluído o exercício da função de jurado como critério de desempate; e a depender do caso, caberá recurso quanto à decisão da junta médica.

Não será exigido o reconhecimento de firma para certidões e/ou declarações de tempo de serviço público. Apenas a cópia autenticada  será exigida juntamente com o documento original. Os pedidos de recurso, a partir de então, poderão ser feitos via sedex ou presencialmente na Secretaria nos horários das 09h às 16h.

Por fim, houve mudança quanto à avaliação de pontos por tempo de serviço na função para os cargos de Terapeuta Ocupacional. Com a alteração, a PCR amplia a participação dos Terapeutas no certame, decisão adotada com base na legislação. Só a partir de 2011 o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate a Fome ampliou a equipe do Sistema Único de Assistência Social com a inclusão desses profissionais nos serviços específicos da referida política, fato este que justifica a adequação no edital.

O formulário de inscrição está disponível junto com o edital retificado. As vagas são para os cargos de assistente social, psicólogo, pedagogo, terapeuta ocupacional e educador social. Sendo: assistente social (35 e 04 para Pessoa com Deficiência), psicólogo (24 e 03 para PcD), pedagogo (09 e 01 para PcD), terapeuta ocupacional (04) e educador social (18 e 02 para PcD).

O salário para o nível superior é de R$ 1.985,83 e para o nível médio (educador social com experiência de um ano exigida na área de assistência social) é de R$ 1.225,07.

A seleção simplificada será realizada em etapa única através de avaliação curricular por meio da análise de documentos comprobatórios e de experiência profissional na área de, no mínimo, um ano. Maiores informações pelo site www.recife.pe.gov.br.