Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Políticas sobre Drogas | 08.10.18 - 15h06

Usuários das casas de acolhida da Prefeitura do Recife concluem Curso de Polimento e Estética Automativa

Dez pessoas foram beneficiadas pelo curso e estão aptas a trabalhar no mercado

 

Dez usuários atendidos pelas Casas de Acolhida da Prefeitura do Recife receberam, na última sexta-feira (05), os certificados de conclusão do curso de Polimento e Estética Automotiva. A formação de 40 horas/aula aconteceu durante toda semana na unidade de acolhida da Travessa do Gusmão, no bairro de São José, e foi promovida pelo projeto privado Reparar e Brilhar Recife, em parceria com o Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho Recife), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife.

De acordo com o assessor técnico de Inclusão Produtiva do Acessuas Recife, Jaílton Raniere, a iniciativa foi muito importante, pois ofereceu aos usuários acolhidos a oportunidade de aprenderem uma profissão. “Trabalhamos em várias frentes para suprir a necessidade de inserção no mercado de trabalho dos nossos usuários e parcerias como esta são fundamentais na profissionalização e retomada da cidadania dessas pessoas”, afirmou Raniere, fazendo questão de agradecer os parceiros e parabenizar os formandos durante a entrega dos certificados.

Ele também lembrou que durante o curso os alunos foram acompanhados por uma assistente social da PCR. “Já nesta próxima semana, esses dez concluintes vão poder participar de duas oficinas oferecidas pela Prefeitura: uma sobre a elaboração de currículo e a preparação para entrevistas de emprego e outra sobre empreendedorismo”, frisou Raniere.

A esperança de aproveitar os ensinamentos do curso para melhorar de vida estava estampada no rosto dos formandos. “Eu estava na rua há cinco meses e fui acolhido na Casa Josué de Castro, na Torre, onde fui bem atendido. Para mim, este curso foi maravilhoso e espero aproveitá-lo para me reintegrar na sociedade. Agradeço a todos pela oportunidade”, comemorou Cleitiano Pereira, de 33 anos. Também feliz com a conclusão do curso, Bruna Campos Moura, de 26 anos, disse que saiu das ruas há quase um ano e que está sendo bem tratada na Casa Recomeço, em Campo Grande. “Sou a única mulher concluinte desse curso, mas gostei bastante de aprender a pintar e recuperar veículos. Sinto-me preparada e quero trabalhar na área para conseguir deixar a casa de acolhida e voltar a cuidar da minha filhinha de quatro anos, que hoje mora com minha mãe no interior do estado”, contou a moça.

Os parceiros privados do curso, o empresário Lico Oliveira, da BoxCards, e o consultor automotivo Tomás Morales, também vibraram com a parceria. “Trabalhei como professor no Senai durante oito anos e senti a necessidade de colocar minha experiência a serviço de pessoas carentes e esse já é o segundo curso que promovemos junto com a PCR”, destacou Tomás. A entrega dos certificados também foi acompanhada por Adriel Gonçalves, gerente da Casa de Acolhida Travessa do Gusmão, e Ana Danielle dos Santos, chefe da Divisão de Acolhimento de População Adulta e Família da secretaria executiva de Assistência Social.