Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Direitos Humanos | 10.10.18 - 16h31

Casa de acolhida da Prefeitura do Recife recebe doação de bicicletas

img_alt

13 bicicletas e um patinete foram doados às crianças atendidas pela Casa de Acolhida Aconchego, em Campo Grande (Foto: Carlos Augusto/PCR)

 

As 20 crianças e adolescentes atendidas pela Casa de Acolhida Aconchego, em Campo Grande, que pertence à Prefeitura do Recife, tiveram uma agradável surpresa na manhã desta quarta-feira (10). Elas receberam um patinete e 13 bicicletas doadas ao abrigo pela ONG Ensino Social e Profissionalizante – ESPRO, por intermédio de uma parceria com as secretarias de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente e Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (SDSJPDDH).

“Todos os atendidos aqui sofreram alguma forma de violência doméstica e estão afastados do ambiente familiar. Qualquer tipo de doação é um momento de felicidade”, ressaltou a gerente da Casa, Michele Sales, lembrando que muitos tiveram a infância roubada, sem oportunidade de brincar e muito menos aprender a andar de bicicleta.

Em meio à algazarra dos pequenos ciclistas na área de lazer da Casa de Acolhida, o assessor técnico de Inclusão Produtiva da Secretaria Executiva de Assistência Social, Jailton Raniere, explicou os detalhes da articulação e parceria. “A ESPRO nos procurou e ofereceu o material. Os alunos do curso de Mecânica de Bicicletas, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, consertaram elas como forma de treinamento prático”, frisou Raniere.

O professor do curso de Mecânica de Bicicletas, Marcelo da Silva, aprovou a parceria. “Para mim e para meus alunos foi muito bom. Tanto pela oportunidade de colocar em prática nossos ensinamentos, como o de ajudar pessoas carentes que precisam de nossa solidariedade”, argumentou.

A gerente de Proteção Social – Especial de Alta Complexidade da Secretaria Executiva de Assistência Social, Marcella Glasner, lembrou que a Prefeitura do Recife mantém 12 casas de acolhimento na cidade, atendendo pessoas de todas as idades. No caso do estabelecimento que recebeu a doação nesta quarta-feira, são atendidas crianças e adolescentes dos seis aos 18 anos incompletos.