Secretaria da Mulher do Recife

NOTÍCIAS

Mulher | 07.08.19 - 16h25

Mulheres que passaram por violência doméstica ganham dose de autoestima no Clarice Lispector

img_alt

Em parceria com o projeto Apolônias do Bem, as usuárias do Centro serão beneficiadas com tratamento odontológico (Foto: Cortesia)

 

"Eu estou sonhando em ajeitar os meus dentes. Vou fica mais bonita e mais jovem do que já sou. Quero voltar a sorrir!", disse Cristiane Nascimento, de 43 anos, usuária do Centro de Referência Clarice Lispector que será uma das beneficiada do projeto Apolônias do Bem. A ação é uma parceria da Secretaria da Mulher com a ONG Turma do Bem que reúne dentistas voluntários, de todo o Brasil, para ajudar a resgatar a autoestima de mulheres que passaram por violência doméstica. A primeira triagem ocorreu ontem (6), no Clarice, e quinze usuárias foram cadastradas. A atividade faz parte de uma série de ações que a Secretaria está promovendo para comemorar os 13 anos da Lei Maria da Penha.

"Aqui no Clarice, temos uma política publica de atendimento das mulheres com advogadas, assistentes sociais e psicólogas. Mas nós não tínhamos essa relação direta com fazer a transformação da autoestima a partir do tratamento dentário. Então, a ONG e o projeto Apolônias do Bem vem preencher essa lacuna que nós tínhamos e é muito bem vinda essa parceria. A política pública para a mulher tem que ser integral, garantir todos os seus direitos. Com essa parceria, vamos conseguir melhorar a vida dessas mulheres", disse a secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa.

Para receber o tratamento, é preciso ter boletim de ocorrência e estar referenciada a algum Centro de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Segundo a embaixadora da ONG Turma do Bem e uma das dentistas voluntárias do Apolônias, Thássia Macêdo, ao chegar no Clarice, a mulher passará por uma triagem. " Há uma avaliação dessa mulher para o tratamento. São prioritários os casos mais sérios, as mulheres que estão com dor. Quem estiver já encaminhada em relação à emprego também é prioridade", disse.

Centro de Referência Clarice Lispector - Principal equipamento municipal para o acolhimento e orientação de mulheres em situação de violência doméstica e/ou sexista. No local, as cidadãs são acolhidas e orientadas por uma equipe multidisciplinar de psicólogas, assistentes sociais, advogadas e educadoras sociais. Todo o serviço é gratuito, funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e também acolhe mulheres de outros municípios da Região Metropolitana. O Clarice fica localizado na Rua Bernardo Guimarães, 470, no bairro da Boa Vista. Além do espaço físico, as recifenses ainda podem contar com o Liga Mulher (0800 281 0107), o disque-orientação do Clarice. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e tem como objetivo de ser uma porta de entrada para quem precisa de orientação. Qualquer cidadão também pode utilizar o número para fazer denúncias de casos de supressão de direitos das mulheres.

Projeto Apolônias do Bem - O Apolônias do Bem oferece tratamento odontológico integral e gratuito às mulheres que vivenciaram situações de violência e tiveram a dentição afetada durante as agressões. Desde 2012, quando começou a ser desenvolvido, ele já garantiu atendimento a 1000 mulheres cisgênero e transgênero de todo o Brasil. As beneficiárias são selecionadas por meio de triagens, quando passam por um rápido exame oral, não invasivo, e respondem ao OHIP (sigla em inglês, que significa Perfil de Impacto de Saúde Oral), uma ferramenta científica que mede o impacto da saúde bucal na qualidade de vida de uma pessoa. São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves e OHIP mais alto, que sustentam a família e retomaram os estudos ou estão fazendo cursos de capacitação profissional.