NOTÍCIAS

Saúde | 04.10.19 - 14h12

Mutirão de Saúde do Programa Chegando Junto oferta 280 vagas para consultas com especialistas

img_alt

Os atendimentos deste sábado (5) são para pacientes que já estavam na fila aguardando consultas com cardiologista, otorrinolaringologista, ortopedista e outros especialistas (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

 

Neste sábado (5), 280 pessoas poderão ser atendidas no Hospital Maria Lucinda, no Parnamirim, dentro de mais um Mutirão de Saúde do Programa Chegando Junto, realizado pela Prefeitura do Recife. Das 8h às 15h, haverá consultas com cardiologista, otorrinolaringologista e ortopedista, além de cirurgias ginecológicas e pequenas cirurgias. Todos os pacientes que foram chamados já estavam na fila do SUS aguardando por uma consulta com especialistas.

Desde junho, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) já ofertou mais de 5.600 consultas nos Mutirões de Saúde do Chegando Junto e beneficiou concretamente mais de 3.600 pacientes que compareceram aos atendimentos (houve 40% de abstenção).

O acesso dos recifenses ao mutirão é através de agendamento via Sistema de Regulação, para os usuários que estão com sua solicitação pendente no sistema. Todas as 280 pessoas agendadas para este sábado receberam uma ligação informando da vaga para atendimento confirmando a disponibilidade de comparecimento na data. Por isso, é importante que os dados cadastrais estejam atualizados na unidade de saúde de referência para que a equipe da Prefeitura consiga o contato com o usuário e possa garantir sua participação no mutirão.

Profissionais do setor de Regulação da Secretaria de Saúde, responsável pelo encaminhamento dos pacientes para um especialista ou para marcação de procedimentos, estarão no local para marcar exames clínicos e de imagem, fisioterapia e encaminhamento para outras especialidades, caso seja necessário.

CHEGANDO JUNTO - Lançado em junho, o Programa Chegando Junto reúne uma série de ações de assistência à população e apoio à geração de renda em prol da população que vive nas áreas mais vulneráveis da cidade. Uma das iniciativas são as Frentes de Trabalho Miguel Arraes, que estão disponibilizando 2.700 postos de trabalho nas 311 escolas da rede municipal e em cem unidades de saúde espalhadas pela cidade.

Já foram realizados também minicursos de formação com foco no empreendedorismo e na geração de renda, como corte de cabelo, manutenção de bicicleta e artesanato, incluindo a entrega de kits com o material necessário para início das atividades. Também serão sorteados mensalmente 100 kits com bicicleta e smartphone com pacote de dados para que os beneficiados aumentem sua renda prestando serviços para os diversos aplicativos de entrega a domicílio disponíveis no mercado.