NOTÍCIAS

Saúde | 11.10.19 - 15h38

Vigilância Sanitária fiscaliza comércio de alimentos nas praias da Zona Sul do Recife

img_alt

Durante os fins de semana, as ações percorrem os bairros de Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa, numa parceria com a Dircon, Polícia Militar e Guarda Municipal (Foto: ArquivoSesau/PCR))

 

Nestes sábado (12) e domingo (13), inspetores da Vigilância Sanitária (Visa) da Prefeitura do Recife circularão na orla da praia dos bairros de Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa para realizar ações educativas e fiscalizações da qualidade dos alimentos comercializados nos locais, a partir das 9h. As ações foram retomadas no último final de semana, quando foram realizadas mais de 230 inspeções de barracas padronizadas e comércio ambulante.

As vistorias da Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife, que são feitas em parceria com a Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon), Polícia Militar e Guarda Municipal, seguirão um cronograma de atuação até o fim de novembro. Durante as ações, os técnicos da Visa inspecionam os produtos vendidos e oferecem orientações sobre a venda de produtos irregulares, manipulação de alimentos e higiene dos comerciantes.

Este período foi escolhido para as fiscalizações porque é quando ocorre aumento da circulação de pessoas nas praias e, consequentemente, há aumento de oferta e consumo de comidas na área, podendo haver maior ocorrência de doença diarreica aguda. De acordo com a Visa Recife, não é permitida a venda de produtos de origem caseira, como picolés, espetinhos, sucos e até gelo. A orientação é que os alimentos comercializados sejam trazidos já prontos e acondicionados em temperatura e condições de higiene adequadas.

DIARREIA – Em 2018, foram notificados mais de 17 mil casos de doenças diarreicas agudas de residentes no Recife - 12% a mais que em 2017, quando foram registrados cerca de 15 mil casos. Na capital pernambucana, a Monitorização das Doenças Diarreicas Agudas (MDDA) é realizada por 26 unidades de saúde sentinelas, distribuídas nos oito Distritos Sanitários. Os dados não representam o total de atendimentos na cidade, mas são importantes para detectar, precocemente, mudanças no comportamento das doenças diarreicas agudas nas áreas monitoradas.

VIGILÂNCIA AMBIENTAL – Profissionais de Vigilância Ambiental da Sesau também farão plantão na orla, neste domingo (13), a partir das 9h, para monitorar a qualidade da areia das praias, da água dos chuveiros e dos quiosques, assim como da água do mar. O trabalho é feito a partir da análise de dados de monitoramento dos poluentes ambientais e dos indicadores de saúde, com base no gerenciamento de risco.

CONTROLE URBANO - Durante todo o ano, fiscais da Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon) fiscalizam a orla de Boa Viagem para manter o ordenamento de toda a praia. O comércio informal e a ocupação dos barraqueiros são o foco das ações diárias, que também tem como objetivo dar mobilidade e conforto ao banhista.