Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Juventude | 07.11.19 - 20h10

Tudo pronto para o 3º Festival de Juventude do Recife, neste sábado, 09, no Parque da Macaxeira

img_alt

Programação diversa que contempla os gêneros musicais mais curtidos pela juventude na cena recifense. (Foto: Cortesia)

 

Tudo pronto para o 3º Festival de Juventude do Recife: #Defendendodireitos, que acontece neste sábado, 09, no Parque da Macaxeira, Zona Norte do Recife, a partir das 13h. Promovido pela Prefeitura do Recife @prefeiturarecife, o evento vai reunir jovens talentos na grade da programação. Além de ser a prévia do No Ar Coquetel Molotov, um festival de música independente que já é sucesso entre a juventude da cidade. A apresentação do Festival fica por conta da jovem sambista Gabi do Carmo @cantoragabidocarmo, que leva sua musicalidade para as rodas de samba da periferia, defendendo a presença da mulher negra no protagonismo do samba da cidade.

A ideia é promover um encontro entre as diversas juventudes da cidade, integrando as mais variadas manifestações artísticas, culturais e políticas, através da ocupação do espaço público de forma criativa e da promoção da cultura de paz. O Festival de Juventude do Recife completa três anos e já se consolidou na agenda de eventos da cidade. A expectativa para essa terceira edição é alcançar um público ainda maior, com uma programação diversa que contempla os gêneros musicais mais curtidos pela juventude na cena pernambucana.

A existência de festivais anuais como esse na cidade do Recife contribui para o cultivo do fortalecimento da cultura de grupos juvenis, permitindo espaços gratuitos de lazer e o surgimento de novas bandas e coletivos culturais. O Festival é uma das metas do Plano Municipal de Juventude, o qual foi construído com a ampla participação das diversas juventudes e foi monitorado e atualizado na 4ª Conferência Municipal de Juventude, realizada nos dias 26 e 27 de outubro deste ano.

Apresentações dos Jovens Artistas – O objetivo é incentivar e dar visibilidade ao trabalho artístico de jovens, de forma individual ou coletiva, nas diversas linguagens desenvolvidas nos diferentes territórios da cidade do Recife. A Secretaria Executiva de Juventude abriu um edital de seleção de 05 iniciativas artísticas para se apresentarem dentro da programação do Festival. Além do palco principal, nosso 3º Festival de Juventude conta com outras estruturas, que trazem empreendedorismo jovem, serviços, e muita arte!

Atrações - Com uma vasta programação, o dia 09 de novembro promete atender ao gosto de todas as tribos de jovens do Recife, com esta variedade de atrações e atividades:

Eddie @bandaeddieoriginal é uma legítima representante da música popular urbana que se faz hoje no Brasil. Uma das bandas pioneiras do Mangue Beat e idealizadora do movimento Original Olinda Style, vem comemorando seus 30 anos de estrada;

Arrete @oarrete traz as Mc’s Ya Juste, Nina Rodrigues e Weedja Lins, que expressam com música e corpo, rimas carregadas de mensagens que desabafam o cotidiano, empoderamento feminino, questões sociais, afetivas e culturais.
 Ainda contam com a Dj LeMer @lemerdj, original da Espanha, que soma ao show com seu estilo refrescante e único que fusiona as batidas mais graves da cultura Dub, os ritmos selvagens do funk e o hip hop com ritmos da cultura popular pernambucana e influências do flamenco e a música cigana;
 
9k (nove kilates) @9kreal o Duo dos Dj’s Ojuara @ojuara9k e HTTP @httpren exploram principalmente o gênero Bregafunk, que faz o público se sentir livre de preconceitos e distinções;
 
Margot @raianemargot se manifesta através da poesia marginal e do rap feminista, dando voz e trazendo em suas letras as vivências e infortúnios enfrentados pelas mulheres negras e periféricas;

Okado do Canal @okado_do_canal ingressou no hip hop com a dança de rua/breaking em 2004. Após dois anos frequentando vários eventos de Hip Hop, começou a praticar a modalidade freestyle/improvisação e em 2006 foi convidado pra fazer uma gravação de uma das faixas da coletânea “Ato Periférico”, na qual participou com a letra “Morar na favela não é fácil”, que escreveu aos 13 anos de idade. A coletânea “Ato Periférico” é projeto do DJ BIG @djbigpe em parceria com o grupo de apoio “Pé no Chão” @compenochao. 

 


Afoxé Omim Sabá@afoxeomimsaba – Nascido no Bairro do Cordeiro, Recife-PE, trazendo o ritmo do Ijexá tocado nos terreiros de Candomblé, este grupo de Cultura Popular é consagrando a Mãe Iemanjá, a Rainha do Mar. Os Afoxés são a alegria dos terreiros na rua e neste festival teremos os jovens do Afoxé Omim Sabá com seus líderes espirituais trazendo a resistência da Cultura de Matriz Africana;

Halo @halo_sound – Duo dos Dj’s Lucas Torres e Gabriel Medeiros - que fazem parte do movimento da música eletrônica, com o Psy Trance Progressivo, somando a uma pegada mais freestyle grava a marca de força e irreverência da duo, que carrega um misto de expressão ímpar, tanto visual quanto nas tracks que tocam.

Coletivo Família Malanarquista - essa turma abrirá o evento na nossa Tenda Gigante apresentando o espetáculo de mágica, malabares e palhaçaria, com muita interatividade e brincadeiras para crianças e adultos! Esse grupo circense toma como picadeiro as Ruas do Recife e vem dominando a Praça da Várzea com eventos mensais, gratuitos, para centenas de pessoas. 
Feira de Economia Criativa - serão 10 barraquinhas compostas por jovens empreendedores que estarão divulgando e comercializando seus produtos de artesanato, decoração, acessórios e vestuário. Entre eles o Brechá @brechocha, Maria Alice Atelier @mariaaliceatelier, NuConcreto @nu.concreto, Malaika Artes @malaikaartes, Jeni Fotografias @jeni.fotografias e Retalhos dos Sonhos @retalhosdossonhos.

Espaço colaborativo - tem o objetivo de apresentar serviços promovidos pela Prefeitura do Recife para a juventude da capital. Uma oportunidade da gestão se aproximar da juventude e apresentar o trabalho promovido pelas Secretarias do município.  

Identidade visual - Este ano, o Festival apresenta uma novidade, a jovem artista Manu Lucena @manuplucena que traz a identidade visual desta edição com suas gravuras. “Foi como transpor através da arte o grito da juventude recifense, que rasga diariamente uma realidade infortuna. Mas ao mesmo tempo uma juventude que acredita na mudança social, o jovem cidadão de direito visto com respeito e credibilidade, aquele que acolhe a esperança e se faz resistência”, apostou Manu Lucena.

Surpresas – O Festival contará com a Galeria de Arte e Tecnologia “Realidade Flutuante” @realidadeflutuante é um espaço expositivo dedicado à arte-tecnologia, uma galeria nômade, que se modifica e se adapta a cada paisagem que é construída. Aqui poderá ser vista a diversidade de peças que se relacionam com a tecnologia e se desdobram em escultura, instalação, poesia sonora e fotografia com luz, aprofundando reflexões sobre nossa própria realidade/tempo-espaço.”

A Galeria irá apresentar a exposição de quadros da artista Tália Maçaira @taliamacaira. Visionária, Tália Maçaira, vem desde 2014 utilizando a arte como forma de expressão, compartilhando com o mundo seus sonhos, visões e emoções. Através das cores e formas recria o que vê e sente no seu contato com o mundo sutil, construindo imagens que refletem a sua relação com a própria vida. Suas obras coloridas, sempre abordam o místico, impactando quem vê.  Nesta exposição, os quadros serão acompanhados com fones de ouvidos ao som de artistas pernambucanos de Psytrance.

Outra surpresa é  Thaes Arruda @thaesarruda que apresenta Escultura de Led - "Sobre Encontros e Dobras", que busca possibilidades de encaixe a partir do cano PVC, material comum que serve como peça estética. “A proposta é apreciar a leveza e firmeza dos encontros. Com o equilíbrio desse corpo que se sustenta pela força das conexões, podendo a luz se propagar para qualquer direção”, explica Thaes Arruda. Haverá também o Live Painting. O Ateliê Évora @atelieevora, coletivo de mulheres artistas visuais, fará uma intervenção de pintura de telas ao vivo.

O Festival é realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas Sobre Drogas e Direitos Humanos – (SDSJPDDH), por meio da Secretaria Executiva de Juventude. O evento conta com as parcerias da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, da Fundação de Cultura do Recife, do Conselho Municipal de Políticas Públicas de Juventude, do Coletivo BoiKOT @coletivoboikot, da Articulação Musical Pernambucana – AMP @oficial_amp e da Paó Produção & Comunicação @producao_paoh.



  PROGRAMAÇÃO

13h Abertura com Apresentação de Gabi do Carmo
13h10 às 14h30 / 05 apresentações jovens de 15min cada
14h50 – 15h20 Afoxé Omim Sabá
15h40 às 16h Okado do Canal
16h20 às 16h50 Margot
17h10 às 17h50h 9k
18h10 às 18h50 Arrete
19h10 Eddie
20h Encerra  



CONTATOS:

 SECRETARIA EXECUTIVA DE JUVENTUDE DA CIDADE DO RECIFE - (81) 3355-8008
CAMILA BARROS - Coordenação Geral - Secretária Executiva de Políticas Públicas de Juventude da Prefeitura do Recife – (81) 99520 9556 / (81) 99488
 ANA GARCIA – NO AR COQUETEL MOLOTOV – (81) 98827 8222
 JORGE FÉO – PRODUÇÃO – PAÓ PRODUÇÃO & COMUNICAÇÃO – (81) 99689 6091
JAQUELINE MACEDO - ASSESSORIA DE IMPRENSA PCR – (81) 99488 6712
MAURÍCIO SPINELLI – ASSESSORIA NO COQUETEL MOLOTOV – (81)9702 3573