Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Assistência Social | 27.07.20 - 08h48

PCR publica edital de credenciamento para contratar profissionais da área da assistência social

A contratação é temporária e abre 30 vagas com vigência máxima de seis meses. As inscrições estão abertas e devem ser realizadas através do site da Prefeitura do Recife


Com o intuito de reforçar o quadro de profissionais que atuam durante a pandemia da covid-19 nos serviços essenciais realizados pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (SDSJPDDH), a Prefeitura do Recife abre edital para contratação temporária. Ao todo, serão abertas 30 vagas para serem preenchidas por assistentes sociais, psicólogos e educadores sociais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). O edital de credenciamento para contratação temporária foi publicado na edição deste sábado (25), do Diário Oficial do Município (clique aqui para conferir)

Os interessados em participar do credenciamento devem preencher o formulário de inscrição disponível no portal da Prefeitura do Recife, ou através do link https://bit.ly/inscricao_suas_pcr, e anexar toda a documentação indicada no edital.  As inscrições serão avaliadas por uma comissão de servidores da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas (SADGP) e da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife (SDSJPDDH). A participação neste credenciamento é gratuita e livre, podendo ser feita a qualquer tempo, desde que seja apresentada toda a documentação solicitada em edital. 

À medida que os candidatos cumprirem as exigências dispostas no edital e passarem por todas as etapas do credenciamento, já poderão ser convocados por e-mail. Os selecionados precisam ficar atentos ao e-mail cadastrado, pois terão três dias corridos para iniciar as atividades e poderão ser descredenciados caso não cumpram o prazo. 

A contratação temporária terá vigência máxima de seis meses, que poderá ser prorrogada por igual período, a depender da necessidade diante da situação de emergência causada pela pandemia da covid-19. A contratação também pode ser rescindida, a qualquer momento, de acordo com as necessidades da Prefeitura do Recife. É importante ressaltar que pessoas com mais de 60 anos de idade, gestantes, lactantes ou que se enquadrem em outro grupo de risco da covid-19 não podem participar do processo. 

Para se candidatar às vagas de psicólogo e assistente social, o participante deverá possuir curso superior completo em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), experiência mínima de um ano em serviços, programas e projetos da política de assistência social, preferencialmente na proteção social especial e registro profissional no Órgão de Classe da respectiva categoria. A remuneração é de R$ 2.519,64 , com carga horária de 30 horas semanais. 

Já para se candidatar às vagas de educador social, é preciso possuir ensino médio completo e pelo menos um ano de experiência em serviços, programas e projetos da política de assistência social. A remuneração pode ser de R$ 1.374,76 ou R$ 1.554,76, a depender do horário do plantão, cujo regime é de 12h por 36h.