NOTÍCIAS

Saúde | 08.02.19 - 12h49

PCR realiza inspeções em alimentos vendidos na orla

img_alt

Ações da Vigilância Sanitária do Recife acontecerão todos os fins de semana, até o início de abril, para evitar surtos de doença diarreica neste verão (Foto: Cortesia)

 

De olho no aumento de circulação de pessoas na orla da capital, e a consequente oferta e consumo de alimentos, neste verão, a Vigilância Sanitária (Visa) da Prefeitura do Recife começará a realizar inspeções nos bairros de Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa. As ações, que acontecem em parceria com a Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon), Guarda Municipal e Polícia Militar, serão sempre nas manhãs de sábado e domingo, a partir das 9h, com ponto de encontro no Parque Dona Lindu.

A equipe da Visa contará com seis inspetores sanitários a cada dia programado dos fins de semana desses três meses. Além das inspeções, também haverá ações educativas na faixa litorânea da Zona Sul recifense. O objetivo é diminuir a ocorrência de doença diarreica aguda, tanto a incidência isolada quanto surtos, comum neste período de forte calor.

Monitoramento - Até o final de 2018, foram notificados mais de 17 mil casos de doenças diarreicas agudas de residentes no Recife. Em 2017, foram cerca de 15 mil casos, um aumento de aproximadamente 12% em uma ano. No Capital, a Monitorização das Doenças Diarreicas Agudas (MDDA) é realizada por 26 unidades de saúde sentinelas, distribuídas nos oito Distritos Sanitários. Os dados, portanto, não representam o total de atendimentos no município, mas são importantes para detectar, precocemente, mudanças no comportamento das doenças diarreicas agudas nas áreas monitoradas.

Cievs - O Centro de Informações Estratégicas e Respostas de Vigilância em Saúde (Cievs) está à disposição 24h para identificar portadores de doenças que ofereçam risco de ocasionar surtos, como as disfunções diarreicas. O serviço de captação e resposta poderá ser acionado pelo 0800.201.2120. As notificações são realizadas pelas unidades de saúde.