Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Direitos Humanos | 08.02.20 - 17h45

Carnaval do Projeto Praia Sem Barreiras garante festa inclusiva na praia de Boa Viagem

img_alt

Ao som da Orquestra Tempestade, os usuários curtiram a prévia carnalesca inclusiva e o banho de mar assistido (Foto: Carlos Augusto/PCR)

 

A praia de Boa Viagem amanheceu ao som do frevo, neste sábado (8), para anunciar a 7ª edição da prévia carnavalesca do Projeto Praia Sem Barreiras. A festa é uma das iniciativas da Prefeitura do Recife que visam assegurar um Carnaval inclusivo na cidade, proporcionando para as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida ações de inclusão numa das maiores festas populares do Brasil.  O som da festa foi garantido pela Orquestra Tempestade. O evento ainda contou com a participação ilustre dos vencedores do concurso de Rei e Rainha da Pessoa com Deficiência do Carnaval do Recife 2020, Caio Antônio Batista e Zemily Cazala Santos. 
 
Para Ana Rita Suassuna, secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife, cada edição do carnaval do Praia Sem Barreiras é uma emoção diferente. "Estamos muito felizes em cumprir, mais um ano, o compromisso de proporcionar para a população mais uma ação de acessibilidade inclusiva no Carnaval. O banho de mar assistido, que acontece toda semana, tem um gostinho diferente ao som do frevo", disse a gestora. 
 
Animada por estar acompanhando o filho Caio Antônio no primeiro evento como majestade da Festa de Momo, Laura Rocha conta que é gratificante embarcar no sonho do filho e não se limitar frente às dificuldades.  "A palavra 'deficiência', que alguns usam com certo peso, mas esquecem que todos nós temos em alguma área, pode muito bem se transformar em 'eficiência' quando acreditamos e investimos", conclui. 
 
"No mar, me sinto livre, com vontade de passar o dia todo. Antes do projeto, era muito raro o banho de mar, mas agora eu faço de tudo para não perder nenhum dia", contou Shirlene Marinho, usuária do projeto há mais de dois anos. "São poucos os momentos nos quais posso me divertir e não se sentir oprimida por olhares de outras pessoas. Esse projeto é maravilhoso", disse emocionada. 
 
Os banhos de mar assistidos acontecem semanalmente de sexta a domingo, e nos feriados, das 8h às 13h. Tudo é acompanhado por monitores e uma equipe técnica especializada, formada por fisioterapeutas, psicólogos e cuidadores. O acesso à área do projeto, localizada na altura da Rua Bruno Veloso, do posto 7, acontece através de esteiras especiais para uso de cadeiras de rodas. Para garantir a autonomia de quem quer participar das atividades, as calçadas são acessíveis e foram instalados semáforos sonoros no entorno da arena do projeto.  
 
O Praia Sem Barreiras é um dos projetos que integram o programa Turismo Acessível, da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), que é executado na capital pernambucana pela Prefeitura do Recife, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos, em parceria com a Universidade Maurício de Nassau (Uninassau) e com apoio de profissionais da Guarda Municipal e da CTTU.  A iniciativa é uma das principais ações municipais voltadas para às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Desde 2013, mais 10 mil pessoas, incluindo seus familiares e cuidadores, já viveram a experiência do banho de mar assistido, realizado por meio das cadeiras de rodas anfíbias e esteiras removíveis que garantem o acesso das pessoas à faixa de areia.