NOTÍCIAS

Saúde | 10.08.17 - 16h32

Mamógrafo adaptado com rampa de acesso circula pelo Recife a partir desta segunda (14)

img_alt

São disponibilizadas 80 vagas por dia no veículo inclusivo (Foto: Cortesia)

 

O mamógrafo móvel adaptado com rampa de acessibilidade da Prefeitura do Recife circulará, a partir desta segunda-feira (14), por alguns bairros da cidade, facilitando o acesso de mulheres com deficiência ao exame. Até o fim deste mês, quando se comemora a Semana da Pessoa com Deficiência, o veículo participará de 12 ações nos oito Distritos Sanitários da Secretaria de Saúde do Recife. Veja o calendário do mamógrafo (regular e adaptado) aqui.

A mamografia de rastreio é indicada a mulheres com idade entre 50 e 69 anos – faixa etária considerada de risco pelo Ministério da Saúde. Não é necessário fazer marcação prévia, mas são disponibilizadas 80 fichas diárias para a realização do exame. A exceção é no evento que acontecerá no dia 22, no Pátio do Carmo, onde serão oferecidas 40 vagas (turno manhã).

Além do caminhão equipado com mamógrafo, o Hospital da Mulher do Recife (HMR) Dra. Mercês Pontes Cunha, localizado no Curado, dispõe de um mamógrafo adaptado para a realização de exames para as mulheres com deficiência. O acesso se dá por meio de encaminhamento nas unidades de saúde.

Balanço – De janeiro até junho deste ano, o caminhão do mamógrafo recebeu 7.373 mulheres. Foram realizados em todo o município 12.282 mamografias (mamógrafo + exames na rede conveniada).

Sanar - Para atender as doenças negligenciadas transmissíveis (hanseníase, filariose, tuberculose e geo-helmintíase), a Prefeitura da Cidade do Recife criou, em 2013, o programa SANAR-Recife, que promove o enfrentamento das doenças por meio de estratégias de prevenção e tratamento. O programa conta com ações como: assessoramento de unidades de saúde, acompanhamento e tratamento de casos, investigação, fortalecimento da assistência laboratorial, da rede de atenção básica e promoção de ações de educação em saúde.

 

CONSULTE O CALENDÁRIO AQUI