Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer

NOTÍCIAS

Turismo | 11.09.17 - 17h56

Recife é a primeira cidade do Brasil a receber o novo Bike PE

img_alt

As primeiras estações começam a funcionar hoje (11), com a inauguração da estação na Rua Aurora, ao lado do Eixo Cicloviário Camilo Simões. (Foto: Daniel Tavares/PCR)

 

O sistema de compartilhamento de bicicletas do Recife mudou. O Bike PE inaugurou nesta segunda-feira (11), na Rua da Aurora, a nova e primeira estação e bicicletas. A capital pernambucana é a primeira cidade do país a estrear as novidades do maior programa de empréstimo de bikes do País. Hoje, os usuários já podem experimentar as inovações das bikes que vão desde da ergonomia dos equipamentos até a forma utilizar o sistema. A iniciativa é patrocinada pelo Itaú, tendo a tembici. como operadora e o apoio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco e da Prefeitura do Recife.

Para a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça, o Bike PE beneficia recifenses e turistas, além de consolidar a bicicleta como um modal na cidade. "As mudanças trazem modernidade e facilidade para os usuários. O sistema pode ser usado para o lazer e no dia a dia das pessoas. Os nossos atrativos turísticos, como Paço do Frevo e o Cais do Sertão, além do todo o Bairro do Recife, são beneficiados com diversas estações. O Bike PE cria uma nova forma de conhecer e contemplar a cidade", afirmou.

A implantação do sistema ocorrerá em quatro etapas entre setembro e dezembro de 2017. A cada mês serão instaladas 20 novas estações com 200 bicicletas. A previsão é que até o final do ano estejam disponíveis 80 estações e 800 bikes. Uma das novidades apresentadas é a possibilidade do usuário não cadastrado no sistema comprar o passe diretamente nos totens de atendimento, ou seja, sem necessidade de cadastro prévio no site do Bike PE. Esse modelo é ideal para turistas e pessoas que estão de passagem pela cidade. Cerca de 30% das estações oferecerão esse diferencial, todas distribuídas em pontos estratégicos do Recife.

Além de todas as mudanças estruturais, outra novidade é que as estações poderão homenagear personalidades. A primeira inaugurada hoje, levará o nome do ex-secretário da Prefeitura do Recife, Camilo Simões. A notícia foi anunciada pelo secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras. "Batizamos essa primeira estação com o nome de Camilo Simões, que era um jovem muito ligado a questão da mobilidade e o uso da bicicleta como meio de transporte para os recifenses e pernambucanos", lembrou.

Para aproveitar, a pessoa pode se cadastrar no site do projeto (www.bikeitau.com.br), no aplicativo Bike Itaú, nas estações com totem de autoatendimento ou na sede física, de acordo com a modalidade de utilização. É possível adquirir passes por dia, por mês e por ano com valores de R$ 8 (diário), R$ 15 (3 dias), R$ 20 (mensal) e R$ 160 (anual). Há ainda a possibilidade de fazer viagens gratuitas, durante todo o dia, dependendo do tempo de uso. "Visitamos mais de oito cidades no mundo com sistemas de bike sharing para inaugurar esse novo sistema. Acreditamos que esta é uma iniciativa que melhora o mundo", disse a Luciana Nicola, Superintendente de Relações Governamentais e Institucionais do Itaú Unibanco.


Rede cicloviária - 
O Recife está ganhando mais duas ciclofaixas em Jardim São Paulo e Santo Amaro. Elas vão compor a Rede Cicloviária Complementar, que está sendo implantada pela Prefeitura do Recife em consonância com o Plano Diretor Cicloviário da RMR (PDC/RMR). Com isso, a cidade vai ganhar mais 4,7 quilômetros de rotas exclusivas para ciclistas, alcançando a marca de 51,4 quilômetros de rotas existentes, sendo 27,3 (53%) implantados desde 2013. Em Jardim São Paulo, nova ciclofaixa vai se conectar com a Rota Tiradentes à Praça Jardim São Paulo. O trabalho de sinalização já foi iniciado e devem ser concluídos até o dia 15 de setembro. 

ASSUNTOS: