Secretaria de Infraestrutura e Habitação

NOTÍCIAS

Infraestrutura | 12.04.18 - 11h05

Artista plástico Manoel Quitério leva sua arte ao Morro da Conceição

img_alt

Atividade integra ação do projeto Mais Vida nos Morros. Oficina prática de pintura em blocos de concreto vai beneficiar 10 jovens da comunidade. (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

 

O Morro da Conceição, na Zona Norte, recebe hoje (12/04), a partir das 14h, mais uma fase do projeto Mais Vida nos Morros, modelo de gestão pública colaborativa e desenvolvimento sustentável, executado pela Prefeitura do Recife para as áreas de morros. Nessa fase do projeto executado pela Secretaria de Infraestrutura e Habitação, através da Secretaria Executiva de Inovação Urbana, cerca de 10 jovens da comunidade participarão de uma oficina prática de pintura em blocos de concreto, ministrada pelo artista plástico Manoel Quitério.

A ações de revitalização do Morro das Conceição estão em sua fase final e já beneficiaram mais de 700 famílias.  O Morro é a 6ª área beneficiada pelo projeto e conta com uma participação significativa da iniciativa privada, através das Tintas Iquine, Armazéns Coral, Concrepoxi Artefatos, Grupo Asa e empresa Soll.

A comunidade recebeu hortas comunitárias diferenciadas, parklet, áreas de convivência, minhocários para compostagem do lixo orgânico, eliminação de pontos de acúmulo de lixo, arte urbana, paisagismo e humanização das ruas. O projeto, que começou em 2016, busca despertar uma mudança de comportamento em relação às questões urbanas e ambientais e já beneficiou cerca de 1.000 famílias no Alto do Maracanã, Córrego do Jenipapo, Mangabeira/Alto José do Pinho e Três Carneiros/Ibura.

A partir de agora, a iniciativa passa também a fomentar o desenvolvimento econômico local. Além da transformação urbana e ambiental, serão implantadas ações de empreendedorismo, economia criativa, inclusão produtiva e microcrédito orientado. O engajamento e a mobilização dos próprios moradores é um dos pontos fortes do projeto: até as crianças participam das ações e das escolhas. Cada morador participa ativamente do projeto, fazendo sugestões, escolhendo as cores de suas casas e trabalhando com a mão de obra. A Prefeitura do Recife participa com a elaboração do projeto, orientação técnica e a acompanhamento das ações.

Lugares onde existem pontos de confinamento de lixo serão transformados em locais de lazer e convivência, hortas orgânicas e parklets. As escadarias são revitalizadas com retraços de cerâmica colorida, tornando o ambiente mais harmônico. O morador é o grande protagonista da transformação em sua comunidade. A idéia é despertar cada vez mais o sentimento de comunidade, a autoestima e o orgulho dos moradores para com o seu território.