Secretaria Mobilidade e Controle Urbano - Semoc

NOTÍCIAS

Controle Urbano | 12.09.18 - 16h42

Aniversário de 143 anos do Mercado de São José é comemorado com festa e bolo

img_alt

A programação aconteceu na manhã desta quarta-feira (12) e teve missa, café da manhã, apresentações culturais e bolo. (Foto: Daniel Tavares/PCR)

 

O Mercado de São José, um dos principais símbolos da cultura recifense, comemora 143 anos nesta quarta-feira (12). A festa tomou conta do local, que recebeu visitantes, turistas e permissionários para celebrar. Às 9h, uma missa na Basílica da Penha deu início às comemorações, que seguiram com um show da Banda Expresso Pau de Arara e, às 12h, um bolo comemorativo de 80 kg foi cortado e distribuído para a população. A festa foi uma realização da Autarquia de Serviços Urbanos do Recife (Csurb), responsável pela administração dos mercados públicos da cidade.

Para a presidente da Csurb, Berenice Andrade Lima, comemorar essa data é uma enorme alegria. “É fundamental enaltecermos a existência de um equipamento tão rico em história, que, desde 1875, está no dia a dia do recifense de forma tão presente. Hoje é um dia para lembrarmos o quanto somos privilegiados por ter uma cultura tão rica e plural, assim como o Mercado de São José”, comenta.

A festa homenageou dois permissionários do mercado. Um deles, José Rubens Falcão, mais conhecido como Rubinho, vende artesanato há 60 anos. “Cheguei aqui com 13 anos e, desde então, nutro uma paixão muito grande por esse lugar, que me ensinou o ofício que tanto amo. Receber essa homenagem no dia do aniversário do mercado é uma grande honra.”

O secretário de Mobilidade e Controle Urbano do Recife, João Braga, lembra com alegria da história do mercado, da qual participa ativamente há décadas. “Agora, olhando para o futuro, é muito bom saber que essa área toda do entorno será ordenada, com a inauguração do Centro Comercial do Cais de Santa Rita, que vai abrigar os feirantes de frutas, verduras, ervas medicinais e, dessa forma, o mercado vai ficar ainda mais imponente”, conclui.

HISTÓRIA - Inaugurado em setembro de 1875, o Mercado de São José tem arquitetura em ferro típica do século XIX. Inspirado no mercado público de Grenelle, em Paris, o equipamento é um dos monumentos pernambucanos reconhecidos e tombados pelo IPHAN.

 

O Mercado de São José ocupa uma área coberta de 3.541 metros quadrados. Mede 48,88 m de frente por 75,44 m de fundo. Atualmente, são 545 boxes no total. Artesanato em barro, corda e palha atraem muitos turistas ao local. Além disso, o comércio de ervas medicinais, peixes e crustáceos é muito forte nas tradicionais 27 pedras de peixes. Semanalmente são vendidos, ali, mais de 1,3 toneladas de peixe e 400 kg de crustáceos.