NOTÍCIAS

Educação | 14.11.17 - 13h15

Mais de mil estudantes e professores da rede municipal do Recife participam de eventos de Ciência e Tecnologia no Compaz Ariano Suassuna

img_alt

Evento quádruplo terá apresentações de trabalhos científicos, oficinas e palestras gratuitas (Foto: Luciano Ferreira/PCR)

 

A Secretaria de Educação do Recife realiza, nos dias 16 e 17 de novembro, um evento quádruplo nas dependências do Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro. O local será palco da III Feira de Conhecimentos, Mostra Pedagógica de Jovens e Adultos (EJA), Expotec e Seminário de Estudos em Novas Tecnologias de Informação. Com uma programação extensa e variada que engloba exposição de trabalhos, oficinas e palestras, os eventos são gratuitos e abertos ao público e acontecem nos turnos da manhã, tarde e noite. No total, mais de mil estudantes a partir do 5º ano do Ensino Fundamental, além de alunos ligados ao Travessia e à Educação de Jovens e Adultos (EJA) e seus professores participam das atividades.

O incentivo à iniciação científica e ao intercâmbio de experiências em eventos desta natureza são prioritários na gestão. No ano de 2015, as feiras escolares de conhecimento realizadas nas unidades de Anos Finais (do 6º ao 9º ano) contaram com 151 trabalhos. Em 2016, o número de apresentações quase quadruplicou, com 556 apresentações feitas nas escolas e, em 2017, a tendência é que mais de 600 trabalhos tenham sido formulados nas unidades de ensino.

Rede se destaca - Apenas em 2017, 130 crianças e jovens ligados à rede de ensino municipal estiveram presentes em 11 eventos nacionais e internacionais de ciência e tecnologia no Pará, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Maranhão e Ceará, além da participação na Robocup 2017, realizada em Nagoya, no Japão, quando a equipe de Robótica ficou entre as dez melhores do mundo. Em 2018, a rede já tem garantidas três vagas para participar da ForoFicti, evento de ciências que acontecerá em maio, no México.

Confira o perfil dos eventos:

III Feira de Conhecimentos – Esta é a maior edição do evento e vai reunir 98 trabalhos científicos de estudantes dos anos iniciais e finais. No total, 48 escolas participam da mostra, que acontece nos dias 16 e 17, de 9h às 17h. O evento visa estimular a prática da pesquisa científica e promover o desenvolvimento das habilidades de comunicação, investigação e interpretação de dados científicos, fomentando o pensamento crítico e o protagonismo jovem. Nos últimos dois anos, o número de trabalhos apresentados praticamente dobrou. Saltando de 49 em 2015 para 98 este ano. Entre os destaques, os estudantes da Escola João XXIII irão apresentar trabalho que defende o uso das Histórias em Quadrinhos (HQs) como estratégia interdisciplinar no incentivo à leitura.

2ª Mostra de Experiências Pedagógicas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) – A mostra acontecerá na noite do dia 16 de novembro e irá reunir 12 trabalhos de estudantes matriculados nas turmas de EJA, destinadas a pessoas acima de 15 anos, que assistem aulas no período noturno. Entre os destaques, estudantes da Escola Rodolfo Aureliano irão apresentar trabalho sobre o Recife Holandês com um verdadeiro trabalho de imersão no Século XVII com suporte de pesquisa no rico acerco do Instituto Ricardo Brennand. Outros temas como a Revolução de 1817, Diversidade, Violência contra a mulher e Turismo na Macaxeira estão na pauta da mostra.

Expotec – A exposição interativa via socializar as produções de estudantes e professores com ênfase em ciência e tecnologia e irá contemplar as áreas de robótica, cinema, tecnologia assistiva, rádio, educação a distância, sustentabilidade, pesquisa e inovação. Entre as atividades, haverá arena de competição de robôs, performance de humanoides, exibição de curtas produzidos por estudantes, ações da Rádio Escola Recife e inovações voltadas para adoção de práticas de destinação de resíduos tecnológicos, entre outras. A Expotec acontece nos dias 16 e 17, de 9h às 17h.

Seminário de Estudos em Novas Tecnologias da Educação (SEMENTEC) – Também nos dias 16 e 17, de 9h às 17h, o Compaz Ariano Suassuna, sedia o SEMENTEC, que visa socializar produções científicas e promover diálogos entre educadores. Nos turnos da manhã e tarde, serão oferecidas 826 vagas para 15 palestras e oficinas gratuitas, além de uma mesa redonda. Entre os temas disponíveis, Cinema na Educação, Rádio Escola, Robótica de Encaixe, jogos digitais na educação, fotografia e pesquisa científica. Para inscrições, os professores de redes públicas e privada podem fazê-lo pelo