Companhia de Trânsito e Transporte Urbano

NOTÍCIAS

Mobilidade | 15.10.20 - 18h54

CTTU ordena circulação de veículos e realiza manutenção de circulação na faixa reversível da Avenida Beira Rio

Faixa Reversível da Beira Rio foi uma solução de engenharia de trânsito para dar mais fluidez na via de acordo com a demanda em cada horário

A partir deste sábado (17), a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), ordenará o fluxo de veículos que acessa a Avenida Beira Rio, no bairro da Torre, Zona Oeste da cidade, para utilizar a faixa reversível. O equipamento foi uma solução de engenharia viária implantada no primeiro semestre de 2019 para otimizar a capacidade viária  em relação ao fluxo de veículos, que varia em cada horário. Como a solução foi consolidada de forma positiva, uma sinalização definitiva será implantada: equipamentos semafóricos programados que indicarão o sentido da via no horário reversível, para orientar os condutores quanto às faixas que devem utilizar. As faixas reversíveis foram usadas pela primeira vez no Recife em 2018. A iniciativa é uma solução inovadora de engenharia de tráfego e permite o aproveitamento mais eficaz da malha viária.

Além dessa nova sinalização para faixa reversível, novas travessias de pedestres serão implantadas ao longo da via, inclusive um novo semáforo para assegurar a travessia de pedestres e ordenar o fluxo de veículos que vem da Rua Demóstenes de Olinda para acessar a Avenida Beira Rio. Além disso, a CTTU fará a manutenção da sinalização da faixa reversível no local.

FAIXA REVERSÍVEL - Na Avenida Beira Rio, existem três faixas de rolamento entre as ruas José Osório e Clóvis Beviláqua, que foram redistribuídas. Com o ajuste na sinalização, a faixa central, que tem o funcionamento padrão em direção à Ponte da Capunga, tornou-se uma faixa reversível. Dessa forma, apenas nos dias úteis e das 15h às 20h, a circulação da faixa central funciona em direção à Ponte da Torre.

Durante esta gestão, o Recife já teve duas outras experiências com faixas reversíveis, que são as pontes do Limoeiro e Princesa Isabel, com o objetivo de garantir a fluidez do trânsito para o público do bairro do Recife durante os horários de pico. As implantações de faixas reversíveis nessas localidades fazem parte de um conjunto de ações da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) que, juntas, refletem positivamente na mobilidade de toda a cidade.