Secetaria de Saúde

NOTÍCIAS

Saúde | 19.02.21 - 19h47

Recife completa um mês de imunização contra a covid-19 com mais de 70 mil doses aplicadas

img_alt

Mais de 8 mil pessoas já estão com o esquema vacinal completo, com primeira e segunda doses (Foto: Marcos Pastich/PCR)

 

Nesta sexta-feira (19), a capital pernambucana completa um mês desde o início da execução do Plano Recife Vacina, elaborado pela Prefeitura do Recife exclusivamente para vacinação contra a covid-19. A cidade chega à data com 70.699 doses aplicadas, e 62.458 mil pessoas vacinadas, sendo mais de 8.241 com esquema completo, com primeira e segunda doses.

“Eu sempre digo que a única solução para sairmos da pandemia é um amplo programa de vacinação e o Recife Vacina vem cumprindo. Seja pela quantidade de doses aplicadas, pela organização da logística e pioneirismo da digitalização de todo o processo. O que precisamos agora é ter acesso a mais doses para podermos ampliar os grupos e aumentar o ritmo da vacinação”, disse avaliou o prefeito João Campos.

Do total de pessoas imunizadas, 29.866 são idosos, entre eles 1.822 acamados; 32.147 trabalhadores da saúde; e 445 pessoas a partir de 18 anos com deficiência severa institucionalizadas.

O município recebeu, até o momento, 119.146 doses de vacina, enviadas pelo Ministério da Saúde. Desse total, 17.520 foram da Oxford/AstraZeneca. Outras 101.626 doses foram da CoronaVac (Butantan/Sinovac), que estão sendo utilizadas para garantir o esquema vacinal completo de cada pessoa imunizada, com primeira e segunda doses.

A Prefeitura do Recife investiu em tecnologia para a vacinação na capital. O cadastro e agendamento dos usuários são feitos de forma 100% digital, através da plataforma Conecta Recife (aplicativo ou webapp). Ou seja, a pessoa só vai ao local de vacinação com data, horário e local marcados, evitando aglomerações.

Pensando nas pessoas que não possuem acesso à internet ou que tenham alguma dificuldade com a plataforma, a gestão disponibilizou profissionais para realizarem o acolhimento, tanto nos centros de vacinação como nas unidades da Atenção Básica da rede municipal, para ajudar no cadastro e marcação.

PLANO RECIFE VACINA – Por causa da limitação de doses, a primeira fase do Plano Recife Vacina precisou ser dividida em etapas. Começaram a ser vacinados no primeiro módulo os trabalhadores de saúde da linha de frente, idosos a partir de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência, pessoas a partir de 18 anos com deficiência severa que moram em Residências Inclusivas e os trabalhadores desses locais.

Nesta etapa, equipes volantes fizeram a vacinação in loco. Na etapa seguinte, foram abertos nove centros de vacinação e três pontos de drive-thru, distribuídos em várias áreas da cidade, para imunizar os idosos a partir de 85 anos. Passou a ser necessário cadastro e agendamento, através do Conecta Recife, para receber a vacina.

Com a chegada de mais doses, a Prefeitura do Recife ampliou os grupos prioritários e colocou em funcionamento mais dois drive-thrus. Dessa forma, foi possível começar a imunizar trabalhadores da Atenção Básica do município e os que atuam nas redes pública e privada, em policlínicas, maternidades, UTIs, centros de quimioterapia e de Terapia Renal Substitutiva. Além deles, os trabalhadores da saúde dos setores hospitalares de endoscopia, broncoscopia e imagem; cardiologia, vascular e neurologia. Os que atuam nas Vigilâncias Epidemiológica, Sanitária, Ambiental e no setor de Saúde do Trabalhador também foram incluídos na lista de grupos prioritários. Mais recentemente, os idosos a partir de 80 anos e trabalhadores da saúde, ativos, de qualquer área, a partir de 60 anos, também passaram a receber a vacina.

Como forma de dinamizar a operacionalização do Plano Recife Vacina, na capital pernambucana, desde o início da campanha, a imunização tem sido realizada de domingo a domingo, das 7h30 às 18h30. Atualmente, os pontos para vacinação estão instalados no Compaz Dom Helder Câmara, no Coque; Unidade de Cuidados Integrais (UCIS) Guilherme Abath, no Hipódromo; Escola Nilo Pereira, em Casa Amarela; Compaz Miguel Arraes, na Caxangá; Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro; Escola Miguel Arraes de Alencar, na Estância; Ginásio Geraldão, na Imbiribeira; Escola Nadir Colaço, na Macaxeira; e UPA-E Fernando Figueira, no Ibura. A Secretaria de Saúde do Recife disponibiliza também cinco pontos de drive-thru, que funcionam no Parque da Macaxeira, Geraldão, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Estádio do Arruda e Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

CONECTA RECIFE - Para tomar a vacina, as pessoas precisam realizar o agendamento pelo Conecta Recife, iniciativa que faz parte da transformação digital realizada pela Prefeitura do Recife. Através do www.conectarecife.recife.pe.gov.br ou app gratuito disponível nas lojas PlayStore, para Android; e AppStore, para dispositivos iOS, a população pode fazer o cadastro e, se estiver dentro de algum grupo prioritário, agendar o dia, hora e local para receber a imunização. Caso a pessoa seja acamada, é possível sinalizar a condição marcando a opção disponível durante o cadastro para, dessa forma, receber a visita domiciliar de uma das equipes volantes da Secretaria de Saúde.

FISCALIZAÇÃO – Ainda no começo da Campanha, a Prefeitura do Recife criou um canal voltado para denúncias de pessoas que tentarem burlar a fila de vacinação contra a covid-19. A ferramenta “Respeite a Fila” tem o objetivo de estimular o controle social e impedir que a população que não se enquadra nos grupos definidos em cada fase do Plano Recife Vacina receba as doses. O canal de denúncias funciona no aplicativo Conecta Recife e já está disponível no webapp https://conectarecife.recife.pe.gov.br.

VACINÔMETRO - O vacinômetro foi criado para que a população possa acompanhar diretamente a operacionalização do plano Recife Vacina. Na ferramenta, que funciona dentro do Conecta Recife, os cidadãos podem conferir dados como número total de doses recebidas, relatório diário e total de pessoas imunizadas, bem como doses aplicadas por Distrito Sanitário, além de vacinas aplicadas por grupos prioritários. O número de pessoas já vacinadas também pode ser acompanhado em detalhes dentro das plataformas (site e aplicativo). Além disso, é possível acessar todas as informações sobre o Plano de Vacinação do Recife (pronta para download, considerando as etapas, grupos entre outros detalhes.

MEMORANDO - No dia 8 de janeiro, o prefeito João Campos formalizou a intenção de compra de um milhão de doses da vacina de covid-19 diretamente ao Instituto Butantan, caso o Governo Federal não viabilize a distribuição do imunizante. Na ocasião, o gestor também enviou ofício ao Ministério da Saúde solicitando prioridade aos professores no Plano Nacional de Vacinação, garantindo o retorno seguro das aulas.