Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos

NOTÍCIAS

Direitos Humanos | 19.10.17 - 20h14

Envelhecimento da pessoa idosa é debatido em seminário da PCR

img_alt

A programação do Mês da Pessoa Idosa continua nesta sexta, quando estudantes farão apresentações culturais e disputarão jogos de salão com as pessoas idosas da Casa de Acolhida Ieda Lucena. (Foto: Luciano Ferreira/PCR)

 

O envelhecer do século XXI, envelhecimento gay e a invisibilidade das pessoas idosas que vivem nas instituições de longa permanência foram alguns dos temas debatidos por geriatras, psiquiatras, psicólogos e sociólogos nesta quinta-feira (19), no Seminário Velhices: cores, formas e tons”, realizado pela Prefeitura do Recife no Auditório do Banco do Central, no bairro de Santo Amaro. A ação faz parte da programação alusiva ao Dia Internacional da Pessoa Idosa, comemorado no último dia 1º de outubro, e é promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Diretos Humanos do Recife e pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, com apoio do Instituto Boa Vista e do Programa de Pós-Graduação em Gerontologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O vice-prefeito do Recife, Luciano Siqueira, participou a abertura do seminário. “Esse segmento da população vem crescendo muito e precisamos cada vez mais de políticas públicas que valorizem o idoso. É muito importante ter um seminário como este, em que estamos discutindo as mais diversas condições da pessoa idosa, os mais distintos aspectos do envelhecimento. E gostei muito de terem incluído o envelhecimento gay na programação porque temos que levar em conta as diferenças na hora de elaborar as políticas públicas”, disse o gestor.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife, Ana Rita Suassuna, o evento cumpriu seu objetivo de debater o envelhecimento para superar os estereótipos associados às pessoas idosas. “Este mês comemoramos o Dia Internacional da Pessoa Idosa, mas sabemos que, independente da data, as políticas públicas têm que se preocupar com a pessoa idosa de forma contínua, para garantir um envelhecimento saudável para os recifenses. Por isso é importante o trabalho integrado das mais diversas secretarias, como a Prefeitura do Recife vem fazendo”, destacou a secretária.

Há mais de 20 anos pesquisando sobre a relação de avós com os netos, entre outros assuntos relacionados ao envelhecimento, a psicóloga e professora Cristina Maria de Souza apresentou um breve histórico sobre a velhice, falou da gerontologia e da geriatria, falou dos tipos de composição das famílias, das diferenças do envelhecer do gênero feminino para o masculino, além de explicar os tipos de envelhecimento. “Vários fatores contribuem para o envelhecimento bem sucedido, como os cuidados com a saúde, a prática de exercícios físicos, a alimentação saudável e os estímulos cognitivos. Além de buscarem esse tipo de envelhecimento, os idosos também estão se conscientizando cada vez mais sobre seus direitos”, disse a docente.


PROGRAMAÇÃO 
– As atividades em comemoração ao Mês da Pessoa Idosa continuam na tarde desta sexta-feira (20), quando as pessoas idosas que vivem na Casa de Acolhida Ieda Lucena, da PCR, localizada nos Torrões, passarão a tarde com os estudantes das Escolas Municipais Arraial Novo do Bom Jesus e Antônio de Brito Alves. Os alunos, que desenvolvem um projeto sobre intergeracionalidade, em parceria com a Casa da Vovó Bibia, farão apresentações culturais e disputarão jogos de salão com as pessoas idosas da Casa de Acolhida Ieda Lucena.

A programação do Mês da Pessoa Idosa se encerra na manhã do dia 26, com uma série de serviços de saúde, emissão de documentos, atividades físicas, exposições, oficinas e atividades culturais na Feira de Cuidados e Cidadania da Pessoa Idosa, no edifício-sede da Prefeitura do Recife.