Secretaria Mobilidade e Controle Urbano - Semoc

NOTÍCIAS

Mobilidade | 21.01.16 - 15h54

Prefeito: “A Via Mangue vai trazer um impacto muito positivo para a nossa cidade”

img_alt

Pista leste, que conecta a Zona Sul ao Centro do Recife, foi inaugurada pelo prefeito Geraldo Julio, junto com a presidente Dilma Rousseff e o governador Paulo Câmara. (Foto: Marcos Pastich/ PCR)

 

A Prefeitura do Recife inaugurou a pista leste da Avenida Celso Furtado (Via Mangue) nesta quinta-feira (21). O prefeito Geraldo Julio, acompanhado pela presidente Dilma Rousseff e o governador Paulo Câmara, entregaram o corredor, as calçadas e a ciclovia no sentido Boa Viagem/Pina em cerimônia que contou com a participação de várias autoridades locais e nacionais. Durante seu discurso, o prefeito agradeceu o empenho do Governo Federal, através do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal, nos trâmites que envolveram os trabalhos de execução da obra. Para tirar a Via Mangue do papel, a Prefeitura do Recife investiu R$ 412 milhões, sendo R$ 81 milhões de recursos próprios e R$ 331 milhões de financiamento, enquanto o Governo Federal aportou R$ 19 milhões – resultando no montante de R$ 431 milhões de investimentos.

“Uma obra desta dimensão, deste tamanho, do impacto positivo que ela vai trazer para a nossa cidade, e que começou a ser discutida a no mínimo 20 anos, vai mexer com a vida de todos os recifenses."

“Uma obra desta dimensão, deste tamanho, do impacto positivo que ela vai trazer para a nossa cidade, e que começou a ser discutida a no mínimo 20 anos, vai mexer com a vida de todos os recifenses. Aqui nós vamos ter a circulação de veículos, mas também prioriza o pedestre, o ciclista e o transporte público com a Faixa Azul. Foram nestas prioridades que nós colocamos nossa energia nesses últimos tempos”, explicou o prefeito. Geraldo também aproveitou para agradecer o apoio da presidente Dilma Rousseff para a execução da obra. “Em nome do povo do Recife, a Prefeitura do Recife agradece ao Governo Federal a parceria e o empenho para que a Via Mangue se tornasse realidade”, acrescentou.

A Via Mangue é considerada a maior obra viária das últimas décadas na capital pernambucana. A pista oeste foi aberta para a circulação de veículos em junho de 2014. “Estou sentindo a mesma emoção de gestores como Pelópidas Silveira e Miguel Arraes quando inauguraram vias importantes no Recife como as avenidas Norte, Conde da Boa Vista, Abdias de Carvalho, Agamenon Magalhães”, finalizou. Na próxima segunda-feira (25), a Prefeitura vai implantar a Faixa Azul da Avenida Conselheiro Aguiar, um corredor exclusivo de ônibus que vai beneficiar 144 mil passageiros por dia.

A presidente Dilma Rousseff aproveitou para parabenizar o projeto de implantação da Faixa Azul a partir do tráfego de veículos leves na Via Mangue. “Eu comprimento o prefeito Geraldo Julio pela dimensão da obra, mas também pelo fato dela integrar três tipos de mobilidades. E a mobilidade do transporte coletivo é fundamental, junto com a dos veículos e a das bicicletas. Em todos os países do mundo, quando se integra todos os tipos de mobilidade, é resolvida uma parte expressiva do problema da mobilidade em grandes concentrações urbanas”, disse a presidente. “As faixas exclusivas para transporte coletivo nas avenidas Domingos Ferreira e Conselheiro Aguiar são muito importantes”, continuou Dilma.

A pista leste da Via Mangue tem 4,36 quilômetros e vai da Rua Antônio Galvão até a Rua Manoel de Brito, via que foi alargada para garantir o fluxo dos veículos para o Túnel Josué de Castro. O túnel, por sua vez, já está funcionando desde a manhã desta quinta-feira (21) como via de mão única no sentido Zona Sul/Centro. Além do alargamento da Rua Manoel de Brito, o trecho liberado também inclui a alça da Ponte do Encanta Moça, mais de quatro quilômetros de ciclovia bidirecional e de calçadas, além da requalificação das ruas Maria Carolina; Eduardo Wanderley Filho; Padre Bernardino Pessoa; Tenente João Cícero; José Maria de Miranda e Tomé Gibson, que serão utilizadas como entradas e saídas para a Via Mangue. Para garantir a segurança dos usuários e evitar novos roubos à fiação da iluminação pública, a prefeitura instalou seis câmeras de monitoramento ao longo da via.

Quem também saudou o trabalho realizado pela Prefeitura do Recife nas obras da Via Mangue foi o governador Paulo Câmara. “A gente vê que quando o planejamento é bem feito, bem executado, quando tem um olhar no futuro, ele dá certo. Essa obra dialoga com o futuro, com aquilo que a gente quer nas cidades, nos centros metropolitanos e principalmente nas outras cidades pernambucanas. Nós queremos que elas não pensem só no transporte de veículos, mas que também pensem no transporte público de passageiros. Essa obra pensa tudo isso. Protege o meio ambiente, com sustentabilidade, e a implantação de corredores exclusivos de ônibus”, afirmou o governador.

Já a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), informa que o plano de circulação da pista leste da Via Mangue foi projetado com o intuito de garantir a melhoria da mobilidade do território sul e a implantação de uma Faixa Azul na Avenida Conselheiro Aguiar. Com a abertura da pista leste, também haverá uma grande melhoria na mobilidade e acessibilidade de todo o território sul e a expansão da rede cicloviária da cidade. Para orientar os condutores sobre a nova circulação, 24 agentes e 24 orientadores da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) estarão dispostos nos principais acessos durante os primeiros dias de operação. A exemplo da pista oeste, a pista leste terá velocidade regulamentada em 60km/h. A via será aberta com a fiscalização eletrônica de velocidade.

CARACTERÍSTICAS DO VIÁRIO - A Via Mangue é uma via de trânsito rápido composta de duas pistas, sem semáforos, com passarela para pedestres, calçadas acessíveis e ciclovia. A pista oeste, próxima ao mangue, tem duas faixas, enquanto a pista leste conta com três - duas de tráfego e uma para acostamento. Além dos acessos, a via terá dois retornos, localizados a 800 metros um do outro, que permitirão a mudança de sentido. Na Ponte José de Alencar (ponte estaiada) haverá um espaço de convivência, com bancos e área de contemplação.

HISTÓRICO - A obra da Via Mangue foi iniciada em abril de 2011. Em dezembro de 2012, o empreendimento encontrava-se com 38,22% de conclusão, com ritmo mensal média de 1,82%. Em junho de 2014, o empreendimento chegou aos 98% de conclusão e a pista oeste, sentido Pina/Boa Viagem, foi liberado para a população.

CIRCULAÇÃO - As modificações da circulação na área sul, que serão implantadas junto com a inauguração da pista leste da Via Mangue, é fruto de um estudo de engenharia de tráfego, onde foram simulados diversos cenários com o intuito de melhorar o tráfego na área sul e garantir a implantação da Faixa Azul da Avenida Conselheiro Aguiar. O corredor de ônibus irá beneficiar 39 linhas, que transportam, diariamente, 144 mil passageiros. Além disso, com a abertura da pista leste, haverá a expansão da rede cicloviária Via Mangue, formada pela ciclofaixa já implantada na Rua Antônio Falcão, a ciclovia da pista leste da Via Mangue, a nova ciclofaixa Jardim Beira Rio, que será aberta para circulação junto com a ciclovia da Via Mangue e a ciclovia já existente no entorno do shopping RioMar. Juntas, as rotas irão formar uma rede ciclável de sete quilômetros.

A pista leste irá funcionar no sentido Boa Viagem/Centro e a expectativa é que a via absorva 30% do volume de veículos da Avenida Boa Viagem, que atualmente é de 37.000 veículos/dia, e 15% da Avenida Conselheiro Aguiar, que possui o volume atual de 36.500 veículos/dia. Já a pista oeste, em funcionamento desde junho de 2014, absorveu cerca de 40% do volume de veículos da Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, que passou de 57.500 para 35.000 veículos/dia. Atualmente, circulam 33 mil veículos por dia na pista oeste da Via Mangue. A expectativa é que, com abertura da nova pista, a Via Mangue tenha um volume de até 55 mil veículos/dia.

A pista leste da Via Mangue terá sete acessos, além da saída na Rua Manoel de Brito, dando aos motoristas mais opções de entradas e saídas ao longo do viário. Dessa forma, apenas os condutores que têm como destino final o shopping RioMar, o Centro e a Avenida Governador Agamenon Magalhães, terão necessidade de circular até a última saída da via, na Rua Manoel de Brito.

Entradas:

- Rua Antônio Falcão - Os condutores poderão acessar a pista leste pelas Avenidas Boa Viagem, Conselheiro Aguiar e Engenheiro Domingos Ferreira;

- Rua Tenente João Cícero- Os condutores poderão acessar a pista leste a partir da Avenida Engenheiro Domingos Ferreira;

- Rua Tomé Gibson- Os condutores poderão acessar a pista leste a partir da Avenida Boa Viagem, Avenida Conselheiro Aguiar e Engenheiro Domingos Ferreira;

Saídas:

- Rua Maria Carolina - Os condutores poderão sair da pista leste e acessar a Avenida Engenheiro Domingos Ferreira;

- Rua Padre Bernardino Pessoa - Os condutores poderão sair da pista leste e acessar as avenidas Engenheiro Domingos Ferreira, Conselheiro Aguiar e Boa Viagem;

- Rua Professor Eduardo Wanderley Filho - Os condutores poderão sair da pista leste da Via Mangue e acessar a Avenida Engenheiro Domingos Ferreira;

- Rua Doutor José Maria de Miranda/Henrique Capitulino - Os condutores poderão sair da pista leste e acessar a Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, Avenida Conselheiro Aguiar e a Avenida Boa Viagem;

- Rua Tomé Gibson - Como a via é mão dupla, também servirá como saída da pista leste até a Avenida Boa Viagem. O trecho da via localizado entre a Avenida Conselheiro Aguiar e a Avenida Boa Viagem, que atualmente é mão única, passará a ter duplo sentido de circulação;

-Rua Manoel de Brito/ Túnel do Pina - Última saída da Via Mangue. Nesse ponto, os condutores que pretendem acessar ao shopping RioMar e vias do entorno, como as ruas Jamil Asfora, Adônis de Souza e Dirceu Velloso Toscano de Brito, deverão entrar à esquerda na Rua República Árabe Unida. Já os condutores que desejam acessar a Avenida Antônio de Goes deverão entrar no Túnel Josué de Castro, que terá circulação exclusiva no sentido Boa Viagem/Centro. Um semáforo será implantado no cruzamento entre a Rua Manoel de Brito e Avenida Árabe Unida, garantindo a travessia segura dos pedestres e dos ciclistas que irão utilizar a rede ciclável existente na área.

BINÁRIO- Para suprir a eliminação das duas faixas do túnel que, atualmente, funcionam no sentido Centro/Boa Viagem, será implantado um novo binário entre as ruas Nogueira de Souza e Arquiteto Augusto Reinaldo.

A Rua Arquiteto Augusto Reinaldo passará a ter a circulação no sentido Av. Antônio de Goes/Av. República Árabe Unida. A via será utilizada como opção para aqueles que utilizam o túnel do Pina para acessar o shopping RioMar e vias do entorno.

Já a Rua Nogueira de Souza terá a circulação no sentido Rua Barão de Santo Ângelo/Antônio de Goes e deverá ser utilizada por aqueles que saírem do Shopping RioMar e vias do entorno. Dessa forma, os condutores com destino ao bairro do Pina e Brasília Teimosa poderão acessar a Avenida Herculano Bandeira e os condutores com destino à Avenida Agamenon Magalhães, poderão acessar a Avenida Antônio de Goes. Os condutores que saírem do RioMar com destino ao Bairro do Recife deverão utilizar a saída do túnel Josué de Castro.

Com o intuito de garantir a circulação que será implantada na saída da pista leste da Via Mangue com segurança, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) irá implantar novos semáforos na área. O primeiro será implantado no cruzamento da Rua Augusto Reinaldo com a Avenida Herculano Bandeira e três serão implantados nos cruzamentos da Rua Nogueira de Souza com as avenidas Herculano Bandeira, Antônio de Goes e República Árabe Unida. Além disso, para garantir a segurança dos pedestres que transitam pela Ponte Governador Paulo Guerra, serão implantados dois semáforos, um em cada lado da pista, no Largo do Cabanga, nas proximidades dos bandeirões de fiscalização eletrônica.

FAIXA AZUL - Com a abertura da pista leste, Recife irá ganhar a sua quinta Faixa Azul na próxima segunda-feira (25). A faixa exclusiva para ônibus do transporte público de passageiros terá início na Avenida Conselheiro Aguiar, no cruzamento com a Rua Barão de Souza Leão, e término na Avenida Antônio de Goes, nas proximidades do túnel Josué de Castro, somando mais 5,8 quilômetros de prioridade para o transporte público na cidade.

No trecho que vai receber a Faixa Azul circulam 39 linhas de ônibus, que transportam até 144 mil passageiros por dia. A Faixa Azul da Conselheiro Aguiar, a exemplo das que já existem nas avenidas Engenheiro Domingos Ferreira, Marechal Mascarenhas de Morais e nas Ruas Real da Torre e Cosme Viana, vai funcionar de segunda a sexta-feira, entre 6h e 22h. Juntas, elas irão beneficiar cerca de 500 mil usuários do transporte público de passageiros, diariamente. Os ônibus poderão realizar a ultrapassagem pela faixa mista quando outro coletivo estiver parado para embarque e desembarque de passageiros.

Cerca de 110 placas de sinalização estão sendo colocadas em toda a extensão do corredor, além da sinalização horizontal, regulamentando a Faixa Azul. Os condutores poderão entrar no corredor apenas quando forem acessar lotes ou realizar o giro à direita. Aqueles que forem flagrados transitando irregularmente na Faixa Azul serão autuados e receberão multa gravíssima, no valor de R$ 191,54 e 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A fiscalização será inicialmente realizada pelos agentes de trânsito e, posteriormente, por equipamento eletrônico.

Atualmente, Recife possui 44.5 km de corredor exclusivo para ônibus, dos quais 23,3 km foram implantados pela atual gestão. A ação beneficia, atualmente, cerca de 350 mil usuários de transporte público por dia, que passaram a ter o tempo de viagem reduzido significativamente como ocorre no percurso realizado na Faixa Azul da Avenida Herculano Bandeira/Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, onde a velocidade média dos coletivos passou de 11.5km/h para 24.1 km/h.

REDE CICLÁVEL- A abertura da pista leste irá garantir a expansão da rede ciclável do Recife com sete quilômetros de ciclovia e ciclofaixa. A rota ciclável Via Mangue será composta a partir da conexão de 1,7 quilômetros da Ciclofaixa já implantada na Rua Antônio Falcão, quatro quilômetros da Ciclovia Via Mangue e 850 metros da nova Ciclofaixa Jardim Beira Rio, que será implantada junto com a abertura da pista leste e terá a função de conectar a Ciclovia Via Mangue com a ciclovia já existente no entorno do shopping RioMar, que possui 450 metros, totalizando sete quilômetros de extensão.

A Ciclovia Via Mangue e a Ciclofaixa Jardim Beira Rio terão sentido bidirecional e receberão toda a sinalização vertical e horizontal de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Além disso, para proporcionar ainda mais segurança aos ciclistas, haverá segregação física, no caso da Ciclovia Via Mangue, e tachões delimitando a via, no trecho da Ciclofaixa Jardim Beira Rio.

A fiscalização das novas rotas será realizada por agentes de trânsito em viaturas e motos, através de rondas periódicas. O motorista que estacionar ou for flagrado circulando sobre as rotas cicláveis estará passível de multa grave e gravíssima, no valor de R$ 127,69 e R$ 574,62 e 5 e 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), respectivamente.

DADOS DA OBRA

- Início da obra: 7 de abril de 2011 (Ordem de Serviço);
- Pista Oeste: entregue em junho de 2014, tem 5,63 quilômetros de extensão;
- Pista Leste: entregue em janeiro de 2016, tem 4,36 quilômetros de extensão;
- Calçadas: 4 km
- Ciclovia: 4 km
- Velocidade operacional da pista: 60 km/h;
- Seis câmeras de monitoramento;
- Quatro equipamentos de fiscalização eletrônica, sendo dois já em operação na Pista Oeste;
- As Ruas Antônio Falcão, Eduardo Wanderley Filho; Maria Carolina; Padre Bernardino Pessoa, Tenente João Cícero, José Maria Miranda e Tomé Gibson são os sete acessos da via aos bairros do Pina e de Boa Viagem.

BENEFÍCIOS DA VIA MANGUE

- Melhoraria da mobilidade e acessibilidade de todo o território sul
- Melhoria para os usuários de ônibus com as faixas azuis da Av. Engenheiro Domingos Ferreira e Conselheiro Aguiar
- Expansão da malha cicloviária do Recife

VALOR DA OBRA

- 431 milhões de reais é o valor atual do contrato
- 331 milhões de reais de empréstimo: 76,8%
- 81 milhões de reais do município: 18,8%
- 19 milhões de reais em recursos da União: 4,4%