Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade

NOTÍCIAS

Meio Ambiente | 27.04.20 - 10h53

Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade ensina a manter as plantas do lar mais saudáveis através da produção de adubo orgânico caseiro

Adubo caseiro é ótima alternativa para quem deseja desenvolver hábito sustentável e manter a saúde das plantas. Casca de banana e ovo, borra de café e outros alimentos podem ser úteis na hora de cuidar do jardim

 

Nesses dias de isolamento social, os toques de verde em casa ou na varanda são  fundamentais. As plantas tornam o ar mais limpo, inspiram criatividade e o hábito de cuidar delas também promove sensação de bem-estar. Para auxiliar nesse cuidado, a Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS), indica sugestões de produção de adubo orgânico caseiro através do reaproveitamento de alimentos que iriam para o lixo, como cascas de banana e ovo, para auxiliar no crescimento  e deixar as plantas saudáveis.

Adubar uma planta nada mais é do que fornecer os elementos indispensáveis para seu crescimento e desenvolvimento. De acordo com a arte-educadora da SMAS, Silvana Coutinho, além de ser muito útil para a produção de nutrientes, o processo acaba se tornando um hábito sustentável em casa. “O adubo caseiro e orgânico é uma ótima alternativa para quem deseja ser mais sustentável e manter a saúde das plantas da forma mais natural possível. Você pode fazer com borra de café, casca de banana, casca de ovo e casca de vegetais. Além de favorecer o crescimento das plantas, contribui para evitar o desperdício alimentar”, explicou.  

Para iniciar o processo do adubo caseiro é importante separar o lixo em resíduos orgânico, vegetal, úmido e seco. Assim vai evitar a mistura de restos de alimentos com sal, óleo ou azeite, restos orgânicos animais, gordura animal, cigarro, plástico e papéis tinturados ou plastificados. “A primeira dica é aproveitar as cascas de banana, elas são ótimas para enriquecer o solo. Para usar a banana como adubo, triture a casca e a polpa e enterre ao redor da planta. A banana é uma ótima fonte de potássio. A parte interna da casca ainda pode ser utilizada para limpar e lustrar as folhas das plantas, deixando-as mais brilhantes”, ensina Silvana. Outra sugestão é adubo com borra de café. Após coar o café (sem açúcar), basta esperar a borra do coador esfriar, depois jogar a borra por cima da terra, misturar e regar. As borras de café são excelentes adubos naturais, pois são ricas em azoto, fósforo e potássio. A casca do ovo, por sua vez, é outro adubo natural que fornece inúmeros benefícios às plantas, pois é rica em cálcio e potássio. “Para fazer o adubo você deve lavar e triturar as cascas de ovo com a ajuda de um pilão. Após formar uma espécie de “farofa”, aplique na terra em volta da planta. Por último, a dica é aproveitar cenoura, abóbora, batata e chuchu como adubo, pois são ricas em vitaminas. Basta cortá-las em cubos e misturá-las à terra do canteiro ou do vaso. Elas ajudam no desenvolvimento e na saúde da planta com nutrientes, fibras e minerais orgânicos”, acrescenta Silvana que alerta para não colocar adubo demais para não sobrecarregar a planta. “Nunca ponha adubo demais e primeiro regue a planta, para depois adubá-la. Assim, ele se distribui na terra”.  

O reaproveitamento dos alimentos e das partes não-convencionais promove uma ação mais duradoura e prolongada da fertilização orgânica, acompanha diferentes fases do crescimento da planta e oferece uma quantidade mínima de nutrientes constantemente a serem inseridos no solo. A prática da produção em casa promove novos hábitos na rotina, preservação do verde e alia sustentabilidade com o cuidado constante do meio ambiente.