Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente

NOTÍCIAS

Agenda do Prefeito | 28.08.17 - 11h19

Inauguração do Bosque da Solidariedade marca Dia Nacional do Voluntariado no Recife

img_alt

Parque da Macaxeira recebeu 32 mudas de árvores plantadas em homenagem aos voluntários da cidade (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

 

Para comemorar o Dia Nacional do Voluntariado, a Prefeitura do Recife organizou uma programação para homenagear as pessoas por trás das boas ações. Foram plantadas 32 mudas de árvores no Parque da Macaxeira com pessoas ligadas ao Transforma Recife, que é a plataforma digital de voluntariado da Prefeitura. O prefeito Geraldo Julio se juntou aos voluntários nesta segunda-feira (28) para inaugurar o “Bosque da Solidariedade”, como uma forma de reconhecer quem vem contribuindo para o plantio de uma sociedade mais justa, através do voluntariado.

“O Recife é a capital da solidariedade no Brasil. Os nossos projetos são reconhecidos nacionalmente e levados para outras cidades. Muitas pessoas têm sido ajudadas na nossa cidade pelo voluntariado e a gente está plantando um bosque inteiro, com 32 árvores, para celebrar esse dia e ter um local para nos encontrarmos todos os anos. Todo mundo que gosta de fazer trabalho voluntário e gosta de ajudar e serem ajudadas, vão poder se encontrar no Bosque da Solidariedade no Parque da Macaxeira”, comemorou o prefeito Geraldo Julio.

Foram convidadas para o plantio as organizações sociais da cidade que estão cadastradas no Transforma Recife e que mais abrem vagas para trabalho voluntário. A plataforma completou dois anos em abril deste ano, chegando a marca de mais de 80 mil voluntários e 420 Organizações Sociais cadastradas no site do projeto. A ideia é reunir no ambiente digital, de forma rápida e prática, quem quer ajudar e a entidade que precisa de apoio, cruzando os interessados com as ofertas de trabalho voluntário em entidades do Recife.

A oportunidade de se encontrar com outras pessoas ligadas ao voluntariado e dividir experiências é um dos objetivos do Bosque. Neste primeiro dia, várias pessoas foram até lá. Um a delas é a dona Irene Elza dos Santos, de 87 anos, que há 25 anos é voluntária no Hospital de Câncer de Pernambuco. “Há 25 anos eu descobri que tinha um câncer e fiquei curada. A partir daí eu vi que tinha que fazer alguma coisa para ajudar aquelas pessoas que estavam lá. No ano passado eu fui diagnosticada com outro câncer e escapei também. Esse é o motivo para que eu nunca deixe esse trabalho. Quando eu estou no Hospital, são os melhores momentos da minha vida”, disse, emocionada.

Com o Transforma Recife, a capital pernambucana recebeu o Prêmio Inovacidade 2016, que reconhece práticas inovadoras e desafios da transformação urbana sustentável. A premiação foi entregue no congresso Smart City Business America, em março de 2016, em Curitiba, sob a chancela do ONU-Habitat - o Programa das Nações Unidades para os Assentamentos Humanos, além do Lincoln Institute of Land Policy. “São dois anos do Transforma Recife com números expressivos. São 80 mil voluntários e 420 instituições que estão conectadas através da plataforma. As pessoas que queiram se cadastrar, podem acessar o site e colocar suas informações, que aparecem vagas compatíveis”, explicou Marcella Balthar, coordenadora do Transforma.

As cidades de Petrópolis, no Rio de Janeiro, e de Campinas, em São Paulo, já lançaram iniciativas inspiradas no modelo recifense. Em abril deste ano, o prefeito Geraldo Julio apresentou ao papa Francisco e à cúpula da Igreja Católica, no Vaticano, na Itália, as experiências do Transforma Recife e do Porto Social - incubadora de empreendedorismo social. O gestor entregou pessoalmente ao papa material com os detalhes da plataforma digital, que recebeu elogios do Santo Padre.