NOTÍCIAS

Covid-19 | 30.03.21 - 15h17

Prefeito João Campos lança o Cred Pop - Crédito Popular do Recife e inicia cadastro para beneficiados

img_alt

Empreendedores interessados em iniciar ou ampliar um negócio já podem se inscrever no site e app Conecta Recife para terem acesso ao crédito de até R$ 3 mil. (Foto: Rodolfo Loepert/PCR)

 

Estimulando a economia do Recife em meio a um período de grave crise sanitária, o prefeito João Campos dá início ao Programa Crédito Popular do Recife - Cred Pop - nesta terça-feira (30), com o lançamento do sistema de cadastro dos interessados na ação, por meio do site www.conectarecife.recife.pe.gov.br e do app Conecta Recife, disponível gratuitamente nas lojas de aplicativo. No app, o Cred Pop aparecerá em destaque junto ao ícone do Recife Vacina.

“A nossa razão de estar aqui hoje e lançar um programa como esse são as tantas pessoas que estão começando a empreender, ou já empreendem, e precisam atravessar esse momento de crise e gerar renda, ter uma ocupação. E a gente tem que transformar a Prefeitura em indutora, para fortalecer o trabalho dessas pessoas. E a gente nunca pode deixar de relembrar qual o sentido de estar aqui e o objetivo de lançar esse programa: poder ajudar o recifense ou a recifense a ter força, uma ajuda para atravessar esse momento desafiador”, declarou João Campos na ocasião.

Para ter acesso ao benefício, a população precisa informar um documento de identificação e comprovante de endereço do negócio, que ateste ser instalado no Recife. Mulheres, jovens, negros, pardos e pessoas com deficiência terão prioridade no programa, sendo que esse último grupo populacional necessita apresentar um laudo médico. O programa prevê a concessão de até R$ 3 mil em crédito facilitado. “A prioridade para enxergar as mulheres nesse contexto de empreendedorismo não é a toa. Por natureza, as mulheres são empreendedoras, basta ver como as donas de casa conseguem articular e cuidar de tanta coisa ao mesmo tempo, com um orçamento pequeno transformam tanta coisa, administram um ambiente complexo”, comentou a vice-prefeita do Recife Isabella de Roldão.

Após a etapa do pré-cadastro, serão agendadas as visitas dos agentes de crédito, para conhecer o negócio e analisar a sua viabilidade econômica. Essa tarefa será realizada, em princípio, por profissionais da Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (AGE), por meio de convênio de cooperação técnica com a Prefeitura do Recife. Depois começam a operar os agentes de crédito contratados pela Prefeitura do Recife.

“O Cred Pop vem do desembolso da Prefeitura da Cidade do Recife, parte dos recursos do orçamento são colocados à disposição da população. O papel da Agência vai ser operacionalizar, é a experiência bancária, é a parte de escritório. Ela vai analisar, disponibilizar as liberações e receber os pagamentos. Mas quem é o protagonista do programa é a Prefeitura do Recife, a partir da decisão corajosa do prefeito do Recife ao assumir um programa que é ultra-competitivo. Cadastrem-se, registrem-se, mudem suas vidas que estamos à disposição para trabalhar” esclareceu, Márcio Stefanni, presidente da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) durante o lançamento.

Para 2021, a Prefeitura do Recife desembolsará cerca de 16,8 milhões na concessão dos empréstimos, com recursos oriundos do Tesouro Municipal. O programa, um dos compromissos assumidos pelo prefeito João Campos durante a campanha, visa estimular a geração de emprego e renda para a população, criando as bases para retomada do desenvolvimento econômico.

Empreendedores individuais, microempresas, empresas de pequeno porte e cooperativas e outros estarão aptos a acessar às linhas de crédito para iniciar, incrementar ou ampliar um micro ou pequeno negócio. A gestão municipal pretende operacionalizar 10 mil linhas de crédito por ano.

CONDIÇÕES FACILITADAS – Os beneficiários do Crédito Popular poderão quitar os débitos em até 12 parcelas, com uma taxa de juros simbólica de 0,99% ao mês. O diferencial é que, quem pagar em dia todas as 11 primeiras parcelas, a 12ª ficará por conta da Prefeitura. Outro diferencial é que o programa não tem restrições a quem esteja negativado em serviços de proteção ao crédito. Após o recebimento do empréstimo, o favorecido terá quatro meses de carência para o iniciar o pagamento das prestações. 

“No estudo inicial que a gente fez para comparar com outros programas existentes no Brasil e no mundo, a gente verificou que este vai ser o melhor programa de crédito popular, são condições melhores do que os outros em termos de prazo, de pagamento e taxa de juros. E quem pagar em dia as primeiras 11 parcelas, a 12ª vai ficar por conta da Prefeitura. Um diferencial importante, porque na prática, o empréstimo dele vai ficar com Juros 0”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Rafael Dubeux.