Serviços para o Cidadão

Rotas Cicláveis

Recife conta com 41,6 km de rede ciclável distribuídos entre ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Atualmente, a Prefeitura está trabalhando para ampliar as rotas exclusivas para a circulação de ciclistas, focando principalmente nos deslocamentos entre os bairros que comportam pólos de interesses como Terminais Integrados, praças, mercados e parques públicos. Confira abaixo mais informações sobre a rede ciclável.

Ciclovia: são vias cicláveis em que há uma separação física isolando os ciclistas dos demais veículos, permitindo o funcionamento mais seguro. Um exemplo de ciclovia é o equipamento implantado ao longo de toda a Avenida Boa Viagem. 


Ciclofaixa: são faixas exclusivas para a circulação de ciclistas, que não possuem divisão física. A separação com a pista de rolamento comum é realizada através da implantação da sinalização horizontal e de “tachões”. É importante que os motoristas se mantenham atentos para trafegar somente nos espaços permitidos, evitando, dessa forma, qualquer risco de acidente.


* No Recife, as ciclofaixas que funcionam aos domingos e feriados se caracterizam como Ciclofaixas Operacionais. Trata-se de percursos implantados temporariamente, inseridos no projeto desenvolvido pela Secretaria de Turismo e Lazer. Nesse caso, além da sinalização horizontal, a separação é realizada através de cones.


Ciclorrota: são trechos compartilhados por bicicletas, carros, ônibus e motos, com sinalização vertical indicativa para que os motoristas fiquem atentos ao trânsito de ciclistas. Nesse caso, não há separação física ou sinalização horizontal implantadas na rota. 

Penalidades: Os veículos automotores não podem trafegar nem estacionar nas áreas demarcadas para os ciclistas. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estacionar sobre a ciclovia ou ciclofaixa é uma infração grave, ocasiona multa de R$ 127,69 e inclusão de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (artigo 181, inciso VIII). Já transitar com o veículo pela ciclovia é uma infração gravíssima, com multa de R$574,62 e a inserção de sete pontos na CNH (artigo 193).

Relatório da Malha Cicloviária existente da cidade